Edílson segue fora e não deve enfrentar o Godoy Cruz

Na véspera de jogo pela Libertadores, grupo do Grêmio assiste a vídeo e faz treino fechado

8 de agosto de 2017 - Às 12:02
Foto: Carmelito Bifano / Especial / CP

O lateral Edílson, que não treinou na segunda-feira com um desconforto muscular, novamente não apareceu na parte aberto do trabalho do Grêmio na manhã desta terça-feira, no CT Luiz Carvalho. Como não participou com o restante do grupo, deve ficar de fora da partida de volta das oitavas de final da Libertadores, na quarta-feira, contra o Godoy Cruz, na Arena.

A atividade da véspera da decisão contra os argentinos foi marcada por três trabalhos distintos. Com o início marcado para as 9h30min, o grupo passou por uma hora de sessão de vídeo e, na sequência, realizou um trabalho com Renato Portaluppi no gramado.

Quando a imprensa foi liberada para observar a atividade, os jogadores realizavam um recreativo com o treinador jogando no ataque de um dos times. Barrios novamente trabalhou com o grupo e deve retornar à equipe. A última partida do jogador foi contra o Vitória, no dia 19 de julho, e não está afastada a possibilidade dele começar no banco de reservas com Maicon na equipe ou Fernandinho ou ainda Everton.

Com a possível ausência de Edílson, o Grêmio deve mandar ao gramado da Arena a seguinte escalação: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios (Maicon/Fernandinho). A confirmação ocorrerá uma hora antes dos times entrarem no gramado.

Tricolor avança com empate

O Grêmio enfrenta o Godoy Cruz nesta quarta-feira, às 19h15min, na Arena. No primeiro jogo, vitória do Tricolor por 1 a 0. Com isso, empate ou vitória com qualquer resultado classifica o time de Renato Portaluppi para as quartas de final. Resultado igual ao jogo na Argentina levará a decisão para os pênaltis.



Veja também