Edílson provoca Inter após vitória no Beira-Rio: “Nosso salão de festa”

Lateral foi um dos jogadores que mais comemorou após a vitória no clássico; E não deixou barato nos microfones

4 de julho de 2016 - Às 06:32

img_4516

O lateral Edílson foi um dos jogadores que mais comemorou a vitória do do Tricolor sobre o Inter no clássico Gre-Nal deste domingo disputado no Beira-Rio. Após o fim do jogo, arrancou a bandeirinha de escanteio em resposta a Sasha que havia ‘dançado’ em alusão a uma valsa em falta de conquista de títulos da equipe e vibrou muito após o jogo.

“Sim, sim (foi resposta ao Sasha). É (Beira-Rio) o nosso salão de festa agora. Todo o gremista tem que estar feliz por isso. Fizemos um grande jogo. Eles comemoram de alguma forma às vezes, e temos o direito também. Não é desrespeitando o torcedor Colorado, mas uma comemoração com o nosso torcedor”, disse o lateral.

Sobre a declaração do técnico Argel, Edílson diz que o trator ‘pifou’:

“Todas as coisas que falam de um lado serve de motivação do outro. Mas é saudável, é algo que acontece no futebol. O futebol anda meio chato, não se brinca mais. Agora eles têm que segurar a bronca. O trator acabou pifando“, disse.

E ainda disse para ficarem quietinhos:

“O jogador tem que estar dentro de si motivado, não só pelo que o treinador adversário fala. Todos estavam motivados, mas o trator fundido deu uma motivação a mais. Agora nós gremistas temos que dar risada e o outro lado tem que segurar a bronca. Eles têm que ficar quietinhos“, finalizou.



Veja também