Edilson projeta retorno na próxima semana: “Já estou nervoso para jogar”

Lateral avaliou que mudanças no Grêmio ocorrem por troca de atletas, mas destacou que essência se mantém

11 de março de 2017 - Às 08:46
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Uma das peças-chave na conquista da Copa do Brasil, o lateral Edílson está confiante em voltar aos gramados o mais cedo possível. Em entrevista à Rádio Guaíba, nesta sexta-feira, ele projetou já estar em condições para enfrentar o Brasil de Pelotas na próxima quarta-feira. “Já estou nervoso para jogar”, brincou, salientando que já iniciou os treinamentos com bola após se recuperar de artroscopia no joelho.

Sobre a ansiedade por pisar no gramado em um jogo oficial, ele lembrou a angustia de assistir ao Gre-Nal na Arena. “Eu fui no estádio e é muito difícil ficar de fora”, relatou. “Fiquei muito nervoso e queria entrar em campo, mas o mais importante foi a boa atuação dos companheiros. Espero estar no próximo clássico”, avaliou.

Questionado sobre as possíveis mudanças no estilo de jogo do Tricolor, em relação a 2016, Edílson avaliou que, mais do que orientações específicas do treinador, Renato Portaluppi, as mudanças ocorrem pela transformação do plantel. “Elas variam de acordo com os atletas em campo. O Douglas saiu por lesão, tem a saída do Wallace e o meu caso”, exemplificou.

“Não consigo concluir se teve uma mudança para mais objetividade do que toque de bola”, ponderou o lateral. “Mas a essência do que nos fez campeão precisa ser mantida, com posse de bola e infiltrações. Acompanhei a estreia da Libertadores e o gol do Léo Moura saiu assim.”



Veja também