Edílson exalta maturidade do Grêmio: “Os caras querem bater, mas a gente vai jogar”

Lateral dispensou malandragem e pregou evitar "pilha dos argentinos"

5 de julho de 2017 - Às 06:24
Foto: Andres Larrovere / AFP / CP

A vitória contra o Godoy Cruz não foi exuberante, mas foi eficiente e garantiu a vantagem. A maturidade do Grêmio para garantir o 1 a 0 foi destacada pelo lateral Edílson. “Queremos sempre jogar futebol, os caras querem bater, mas a gente vai jogar”, definiu.

Ele lembrou que o confronto das quartas de final tem 180 minutos e que o Tricolor deve seguir com a mesma atitude contra os argentinos. “Não tem que entrar na pilha deles”, enfatizou. “Não vamos pensar em revidar. Vamos pensar em fazer gols.”

Até o jogo decisivo, marcado para 9 de agosto, a poeira já deve ter baixado um pouco. O Tricolor vai ter muitas rodadas do Brasileirão até o confronto. “A equipe está muito madura e sabemos jogar muito bem fora de casa”, acrescentou Edílson. “Levamos uma vantagem, que é o que a gente queria para o segundo jogo”, avaliou.



Veja também