Edilson comemora volta do mata-mata, mas alerta para falta de concentração

Lateral projeta máximo de foco para partida contra Novo Hamburgo neste domingo

13 de abril de 2017 - Às 20:29
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio voltou nesta quinta as atenções para a semifinal do Gauchão domingo,  contra o Novo Hamburgo, na Arena. Para o lateral Edilson, o caráter decisivo da partida pode favorecer o Tricolor. “São jogos decisivos e acho mais emocionantes. Nosso time está com esta característica de sair melhor no mata-mata, mas nosso nível de concentração tem que melhorar. O Renato sempre fala que temos que levar o mínimo de dificuldades do primeiro jogo para o segundo. A gente espera fazer um bom jogo contra Novo Hamburgo e sair com a vitória”, projetou.

Para o lateral, a dupla Gre-Nal tem um peso maior quando se aposta em um favorito para o título do Gauchão, mas, segundo ele, Caxias e Novo Hamburgo também brigam pela taça. “As quatro equipes que estão vivas no Gauchão são muito competitivas. Não existe favoritismo. O Novo Hamburgo é uma equipe que sabe explorar o contra ataque. Mas na hora que o juiz apita, são 11 contra 11 jogadores. Quem tiver melhor tecnicamente e mais concentrado, vai levar a melhor”, disse.

Contra o Novo Hamburgo, Edílson disse que a equipe “vai dar a vida” para chegar na final do Gauchão. “Eu sei que nossa equipe está muito preparada. Vamos fazer uma semifinal com um time que respeitamos muito, mas vamos nos impor. A gente vai dar a vida para que possamos ter esta conquista”, destacou.



Veja também