Edílson cobra foco por sequência de vitórias do Grêmio na Série B: “Temos que fazer de cada jogo uma decisão”

Lateral participou do programa Show dos Esportes na noite desta quinta-feira

10 de junho de 2022 - Às 06:59
Lucas Uebel / Divulgação Grêmio

O lateral-direito Edílson concedeu entrevista ao programa Show dos Esportes, da Rádio Gaúcha, na noite desta quinta-feira (9), e falou sobre sua recuperação de uma lesão muscular até voltar ao time titular do Grêmio. Além da sua adaptação ao novo sistema tático da equipe na Série B. Após conquistar o acesso com o Avaí no ano passado, o jogador também cobrou a necessidade de encarar as partidas da competição como “decisões”.

Edílson explicou que o retorno da lesão muscular sofrida contra o Guarani, no dia 21 de abril, acabou sofrendo uma demora maior do que a projetada pelo departamento médico por conta das dores causadas por uma fibrose que apareceu no local machucado.

— Tenho mais de 16 anos de carreira e sempre voltei rápido de lesão muscular. Essa foi mais demorada. Criou uma fibrose por cima do músculo. Toda vez que treinava, doía um pouco. Ficava com medo de ser uma nova lesão. Fizemos o exame e mostrou que não tinha nada de lesão. Sei do que represento para o torcedor. Sempre tento fazer meu melhor dentro de campo. Mesmo sem estar 100% fisicamente, a gente se doa para ajudar — projetou.

Sobre a adaptação ao novo sistema tático, Edílson disse que a diferença entre ser lateral e jogar como ala é que ele precisa participar mais das ações ofensivas da equipe.

— É um esquema que fazia tempo que não jogava. Jogava muito tempo na linha de quatro. Não mudava muito. Mas é válida esta mudança até por me liberar mais para atacar. Agora eu só preciso pegar um pouco mais de ritmo para ajudar cada vez mais o pessoal ali da frente. Estar bem fisicamente para ajudar. Com os dois alas, temos que pisar na área e dar suporte para o pessoal ali da frente a todo momento.

Edílson projetou que com a vitória sobre o Novorizontino, o Grêmio precisa dar sequência aos bons resultados e buscar pontos na partida da próxima segunda-feira (13) contra o Sport.

— Acredito que, com o nosso grupo, podemos enfrentar qualquer adversário e ganhar. Sabemos que temos que ter humildade de botar o pé no chão, saber da dificuldade que é jogar a Série B. Temos que fazer de cada jogo uma decisão. O torcedor e a diretoria precisam saber que a segunda divisão é difícil. Sabemos que temos condições de ganhar, mas só nas palavras não se ganha, precisa de atitude e experiência. Empate lá não é ruim, mas temos condições de ir lá e vencer. Aí sim pegar uma sequência boa de vitórias para entrar no G-4 e não sairmos mais.

O Grêmio treina em Porto Alegre ainda nesta sexta-feira e viaja ao Recife no sábado. O time do técnico Roger Machado tem a previsão de realizar um treino no CT do Náutico neste domingo. O jogo contra o Sport está marcado para as 20h da próxima segunda-feira, na Arena Pernambuco.



Veja também