A dura realidade: “O Grêmio não tem zaga, não tem meio e não tem ataque” diz Palaipe

2 de agosto de 2011 - Às 01:38
Após a saída de Antonio Vicente Martins, Paulo Palaipe deve assumir o cargo de vice de futebol do Grêmio, e o mesmo já chegou falando algumas verdades no programa Balanço final da Rádio Gaúcha.
Concordo totalmente com o que ele fala de Marquinhos e principalmente de Lins:
– Hoje eu vi o jogador Marquinhos caminhando em campo. E assim tem outros atletas. Esse jogador, o Lins, não tem nenhuma condição de jogar no Grêmio, com todo o respeito – disse.

 Mais verdades:
– As contratações foram equivocadas. O Grêmio não tem zaga, não tem meio e não tem ataque. Está na hora de mudar. O Renato era o menos culpado de tudo. Na hora que saiu o Renato era para ter saído todo o departamento de futebol.
Palaipe foi companheiro de Paulo Odone em 2005, no ano da volta do clube a Série A do Brasileirão.

Por fim. Segunda divisão, será?
– A torcida do Grêmio está traumatizada com a segunda divisão. O torcedor do Grêmio não merece mais este castigo.


Veja também