Grêmio tem vivido uma temporada de lesões. Com muitos jogadores no departamento médico e atletas com a Seleção Brasileira — principal e pré-Olímpica — o técnico Renato Portaluppi lutou até a última rodada para montar a melhor formação possível com o que tinha em seu vestiário. 

Nesta temporada, 12 jogadores do Grêmio se lesionaram pelo menos uma vez. Seis deles aproveitarão a parada do Campeonato Brasileiro para a Copa América para se recuperar. Quatro já estão à disposição e dois convivem com problemas crônicos — caso de Maicon, com tendinite no joelho, e Jean Pyerre, com dores no ombro.

As principais preocupações são os casos dos zagueiros Kannemann e Paulo Miranda. A contusão do argentino preocupa por ser na coluna — problema que o tirou da Copa América, pela Argentina. Já Paulo Miranda, preocupa pela periodicidade das lesões. Desde que chegou ao clube, foram três lesões musculares. 

O cenário do DM do Grêmio no primeiro semestre de 2019:   

Aproveitarão a parada para recuperação

Rodriguez, com lesão no joelho direito
Jogador saiu de campo durante o segundo tempo da vitória do Grêmio sobre o Botafogo por 1 a 0. Será reavaliado em Porto Alegre.

Kannemann, com fissura em uma das vértebras
Jogador segue em recuperação do problema que o tirou da Copa América. Aos 28 anos, Walter Kannemann estava na pré-lista da seleção argentina que disputaria a competição no Brasil. Seu retorno está programado para o recomeço da temporada, em julho.

Paulo Miranda, com lesão muscular na coxa 
As lesões de Paulo Miranda têm sido corriqueiras. Desde que chegou ao clube, em 2018, o zagueiro já perdeu 21 partidas por conta de problemas na coxa. Em março desta temporada, o atleta teve problemas musculares e ainda não conseguiu retornar.  Deve ficar à disposição para a partida contra o Vasco, na Arena, pela 10ª rodada do Brasileirão.

Bruno Cortez, com lesão muscular na coxa
Lesionado desde a última rodada da fase de grupos da Libertadores, Cortez se recupera de um problema na coxa esquerda. O atleta volta após a Copa América. Na reta final do Brasileirão, antes da parada da competição, o lateral-esquerdo chegou a participar de treinamento no gramado do CT Luiz Carvalho, porém, não houve tempo suficiente para recuperação.

Luan, com lesão muscular na coxa
Após um tempo trabalhando separado dos demais jogadores para um recondicionamento técnico, Luan sentiu um um estiramento muscular na coxa que o afastou dos gramados por mais tempo. Agora, já trabalha normalmente. Ficará disponível já para o primeiro jogo pós Copa América. 

Marcelo Oliveira, com rompimento de ligamento no joelho
Realizou uma cirurgia para reconstituição do ligamento patelar, ligamento cruzado anterior e ligamento colateral lateral. Não há previsão de retorno aos gramados.

Lesões crônicas

Jean Pyerre, com dores no ombro
O meio-campista chegou a ser separado do grupo para fazer reforço muscular no ombro. Atualmente, o atleta atua, mas reclama do desconforto. Segundo o jogador, é uma lesão antiga que o acompanha desde a base. Grêmio tenta curar com tratamento mais conservador para evitar a cirurgia.

Maicon, com tendinite no joelho
O capitão gremista falou em entrevista coletiva que “carro velho precisa de manutenção”. Por isso, o jogador tem sido preservado de algumas partidas. Fazendo trabalhos de fisioterapia periodicamente, o jogador seguirá atuando, mas não em todos os jogos. Devido ao extenso calendário, há um planejamento seguido para a utilização do atleta.

Se lesionaram durante a temporada e já estão recuperados:

  • Alisson – tornozelo direito
  • Tardelli – lesão na coxa direita
  • Pedro Geromel – edema na coxa
  • Léo Moura – lesão muscular na panturrilha


Veja também