Foto: CP Memória

O ex-presidente do Grêmio Helio Dourado, vítima de um infarto nesta terça-feira, aos 87 anos, conquistou oito títulos enquanto dirigente do tricolor, entre eles o primeiro Brasileirão. “Ele deu a dimensão da grandeza do Grêmio”, definiu o atual presidente, Romildo Bolzan, em entrevista à Rádio Guaíba.

Sócio do clube desde 1941, aos 11 anos, Hélio Dourado teve uma vida decicada ao clube, onde começou atuando como conselheiro e diretor de futebol. De 1975 a 1981, comandou o Grêmio durante seis mandatos consecutivos de presidente. Durante esse período, conquistou três campeonatos gaúchos, em 1977, 1979 e 1980 e foi vice em outros quatro anos: 1975, 1976, 1978 e 1981. Em 1977, quebrou uma hegemonia do Inter no Estado que já durava oito anos.

Em seu último ano como presidente, Dourado se despediu do Grêmio com a conquista do primeiro Campeonato Brasileiro da história do clube. Os outros quatro títulos foram em disputas internacionais, na Argentina, Espanha, Uruguai e El Salvador. Após deixar a presidência, ainda atuou nos setores de Patrimônio e Obras. Em 2004, também foi vice-presidente de futebol.

Conquistas de Dourado como presidente:

1977 – Campeão Gaúcho

1979 – Campeão Gaúcho

1979 – Campeão do Troféu Ciudad de Rosario – Argentina

1980 – Campeão Gaúcho

1981 – Campeão Brasileiro

1981 – Campeão do Troféu Ciudad de Valladolid – Espanha

1981 – Campeão do Troféu Torre del Vigia – Uruguai

1981 – Campeão da Copa El Salvador del Mundo – El Salvador



Veja também