Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio entra no Gre-Nal deste sábado, ás 19h, no Beira-Rio, para uma partida crucial na briga contra o rebaixamento. Assim definiu o camisa 10 Douglas Costa nesta sexta-feira. O camisa 10 também afirmou que o time está mais “confortável” com a maneira de se portar em campo com o técnico Vagner Mancini.

Penúltimo colocado com 26 pontos, o Grêmio tem no duelo no Beira-Rio uma espécie de ponto de partda para uma reação após três derrotas consecutivas no Brasileirão, a última delas para o Atlético-MG com atuação considerada exemplo. O atacante colocou justamente desta forma em vídeo divulgado pelo clube.

– É daquele ritmo para cima. Encontramos um estilo que todos se sentem confortáveis. Então, claro que fisicamente pesa, joga quarta e sábado, acaba pesando, mas temos que colocar na cabeça que não tem mais tempo para isso. São jogos cruciais e amanhã (sábado) realmente é um dos jogos mais cruciais do nosso ano – destacou o atacante Douglas Costa.

A mudança no comando também foi uma troca na maneira de se portar em campo. Algo que deixa os jogadores, no momento, satisfeitos com o rendimento, apesar dos resultados. Douglas apontou os “detalhes” como problemas nas últimas rodadas, derrotas para Atlético-MG, Palmeiras e Atlético-GO.

– Desde a entrada do Mancini a gente teve uma postura que melhorou, mudou bastante. A gente vem perdendo alguns jogos nos detalhes, onde acredito que não possa acontecer. Mas agora sabendo que amanhã é um dos jogos mais importantes do ano para nós, por se tratar da situação que a gente vive, um Gre-Nal, uma situação que pode reverter muita coisa para a gente – disse o atacante.

O Tricolor vai para o clássico 434 com mistérios no time. Mancini pode optar por um time com três volantes ou com um meia em campo.



Veja também