DM do Grêmio confirma lesões musculares em dois jogadores

Marcelo Grohe e Edílson têm desconfortos e serão preservados no domingo

11 de novembro de 2017 - Às 08:51
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O médico do Grêmio Márcio Bolzoni concedeu entrevista na tarde desta sexta-feira para atualizar a situação clínica de cinco jogadores. Dois deles, Marcelo Oliveira e Beto da Silva, tiveram lesões musculares e deverão ficar fora até mesmo do primeiro jogo da final da Libertadores contra o Lanús.

Beto da Silva e Marcelo Oliveira tiveram problemas musculares na vitória sobre a Ponte Preta na quarta-feira. O atacante tem uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda enquanto o lateral sofreu lesão no posterior da coxa direita. O período de parada estipulado para os dois é de até 15 dias.

Renato terá ainda mais três desfalques para o jogo com o Vitória no domingo. Marcelo Grohe, com dores no pescoço, e Edílson com um desconforto, não treinaram nesta sexta-feira e serão preservados. Cortez, que ainda se recupera após ter sofrido uma pancada no jogo de volta da semifinal da Libertadores contra o Barcelona de Guayaquil, não apresentou a evolução esperada.

Bolzoni ressaltou que as situações do três titulares, Grohe, Edílson e Cortez não preocupa a médio prazo, visando à final da Libertadores. Lucas Barrios, que treinou normalmente nesta sexta-feira, está liberado para retornar. Sua participação na partida contra o Vitória depende do técnico Renato Portaluppi.

Grêmio e Vitória se enfrentam no próximo domingo, às 17h, no Alfredo Jaconi pelo Campeonato Brasileiro. O jogo acontece em Caxias do Sul em razão do show do Coldplay na Arena neste sábado.



Veja também