Dirigente Gremista volta a criticar a arbitragem: “meu time está sendo prejudicado”

César Pacheco reclamou da arbitragem da partida deste sábado diante do Cruzeiro-RS

12 de março de 2016 - Às 22:52
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

Os reservas do Grêmio venceram o Cruzeiro neste sábado pelo Gauchão, trazendo mais tranquilidade para o clube na classificação do estadual. Mas, César Pacheco, vice de futebol gremista, reclamou da arbitragem de Daniel Sonder na partida.

– Eu falo. É a mesmice de sempre. Amanhã vou ser chamado de impertinente. Eu não sei se é corporativismo, se os árbitros são ruins, ou por critérios. Hoje, ele errou um pênalti de concurso. O jogador deveria ser expulso. Depois, o jogador número 11 deu um tapa no rosto do Kaio. O banco se rebelou. Todo mundo viu, e ele expulsou o doutor Márcio Bolzoni. São faltas invertidas, cartões. Credito isso ao corporativismo. Vamos sofrer mais. Não adianta. Vamos trabalhar bastante. Espero que haja punição. Estive na federação no início do ano e me disseram que haveria punição. Eu gostaria de ver – cobrou o dirigente.

Completando a reclamação, César Pacheco rechaçou que o Grêmio está sendo prejudicado:

– Vão dizer que sou impertinente, mas se meu time está sendo prejudicado, vou reclamar e sempre. Não vou deixar que nos levem dessa forma. Depois, perguntam por que brigamos com a federação. Isso influi em alguns jogos, não em todos. Até o momento, já te falei com antecedência, estou reclamando depois de uma vitória – disse o dirigente.



Veja também