Se faltam atacantes e meio-campistas, o Grêmio não pode reclamar de opções para as laterais. Tanto na direita quanto na esquerda, Renato Portaluppi se dá ao luxo de revezar os jogadores de acordo com o adversário e o estilo que pretende impor nas partidas. O lateral-esquerdo Diogo Barbosa garante que não há mudança de função a partir do companheiro que atua no outro lado.

Em entrevista recente, o treinador afirmou que passaria a usar duas duplas predefinidas: ou ele escalaria Orejuela na direita e Bruno Cortez na esquerda ou mandaria a campo Victor Ferraz na direita e Diogo Barbosa na esquerda. Seria uma forma de equilibrar a defesa, com um jogador mais ofensivo e outro defensivo.

– Para mim, não muda. Minha função de lateral é defender bem e dar o apoio no ataque. Quem jogar na lateral direita não vai mudar minha função na esquerda. Não faz diferença nenhuma. O professor Renato sabe o que faz, o que é melhor para a equipe – destacou o lateral-esquerdo em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Diogo Barbosa em treino no CT Luiz Carvalho — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Diogo Barbosa em treino no CT Luiz Carvalho — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Diogo Barbosa tem apenas seis jogos desde que chegou ao clube, nenhum deles pela Libertadores. Na quinta-feira, a equipe recebe o América de Cali, na Arena, na última rodada do Grupo E. O Tricolor já está classificado às oitavas de final, o que pode render mais uma oportunidade ao atleta em busca de espaço. Uma vitória garante a primeira colocação.

– Vai ser muito importante a gente vencer esse jogo e terminar em primeiro lugar no nosso grupo. Isso vai nos favorecer lá na frente na competição. Então, com certeza vamos entrar para conseguir mais uma vitória e fechar essa chave na primeira colocação – destacou.

O Grêmio soma 10 pontos na chave, dois a mais que o rival Inter, em segundo. Ou seja, até mesmo um empate garante o primeiro lugar, mas dependeria do resultado do duelo entre os colorados e a Universidad Católica. O duelo contra o América de Cali está marcado para as 21h de quinta-feira, na Arena.



Veja também