O ano de 2021 foi um dos piores da carreira de Diogo Barbosa, palavras do próprio. Poucos jogos, rebaixamento e críticas por parte do torcedor. Aos 29 anos, a expectativa do lateral-esquerdo para 2022 é jogar mais e dar a volta por cima no clube para retribuir a confiança do técnico Vagner Mancini.

Contratado em 2020 por cerca de R$ 10 milhões, o lateral-esquerdo completará 63 jogos com a camisa do Grêmio no domingo contra o Juventude. Ele reconhece as dificuldades para render o esperado desde que desembarcou em Porto Alegre.

– Sei que não fui negociado por um valor baixo, mas eu vinha de boas temporadas no Palmeiras, com títulos, então vim com certa expectativa. Mas, infelizmente em 2021 as coisas aqui não aconteceram como imaginava, mas não por motivos específicos. Apenas não aconteceram. Sempre trabalhei firme, e seguirei assim para ajudar o Grêmio sempre – explicou Diogo ao ge via assessoria de imprensa

Todos ficamos tristes e decepcionados com o final da temporada, mas é algo que não dá mais para mudar e voltar atrás. O que temos que fazer é analisar onde erramos e fazer diferente. O grupo está empenhado e focado nos objetivos. Acredito que será uma temporada vitoriosa.— Diogo Barbosa

Diogo Barbosa em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Diogo Barbosa em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Titular de Mancini no ínicio da temporada, Diogo Barbosa espera ter sequência de jogos para repetir as atuações da reta final de 2021, quando inclusive ajudou com gols. O lateral admite que aqueles presentes na campanha do rebaixamento carregam uma pressão maior neste ano.

– Mancini me colocou para jogar. Isso mostrou a confiança que ele tinha em mim, tive mais oportunidades e fiz bons jogos na reta final. Acho que a sequência de jogos é importante para qualquer jogador, e tive isso na reta final de 2021 – comentou Barbosa.Meu 2022 ideal é onde eu possa jogar, contribuir para a equipe. Que a gente possa começar o ano conquistando o título gaúcho e terminar com o acesso para a Série A, que é onde o Grêmio sempre deve estar.— Diogo Barbosa

O lateral-esquerdo aparenta entender a dimensão do desafio que será disputar a Série B em 2022. A pressão, a cobrança e a responsabilidade recaem sobre as costas daqueles que encaram o desafio.

– É algo que temos que saber como lidar e fazer com que as coisas aconteçam dentro de campo para dar essa volta por cima. Sabemos que será difícil, mas a única forma de obter sucesso é trabalhando duro – completou.

Com Diogo Barbosa entre os titulares, o Grêmio recebe o Juventude no domingo, às 19h, na Arena. O Tricolor é o líder do Gauchão, com 13 pontos, e está invicto na competiçãpo.



Veja também