O Grêmio visitou o Inter no clássico Gre-Nal válido pela semifinal do primeiro turno do Gauchão e venceu por 1 a 0 com gol de Diego Souza nos acréscimos, em uma partida cheia de alternativas.

A final será no próximo sábado diante de Ypiranga ou Caxias.

Escalação inicial: Vanderlei, Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz, Cortez, Maicon, Lucas Silva, Matheus Henrique, Alisson, Everton, Diego Souza

PRIMEIRO TEMPO
O Grêmio iniciou assustando. Aos 3 minutos, Everton deixou Alisson na cara do gol que ao invés do chute tentou o passe no meio para Diego Souza, porém Cuesta afastou. Já aos 7, após bonita jogada, Diego Souza apareceu livre na área e bateu forte, mas para fora, perdendo claríssima chance de gol.

Aos poucos o Internacional passou a ficar mais com a bola, entretanto sem levar perigo ao gol de Vanderlei. O Grêmio parecia mais efetivo quando tinha a posse de bola. Aos 37 minutos, o Grêmio abriu placar com Everton após passe de Diego Souza, entretanto o VAR anulou o gol por impedimento de Diego Souza.

Aos 46 minutos, Musto puxou Diego Souza impedindo contra-ataque e levou o segundo amarelo, sendo expulso de campo. Já aos 48, Cortez recebeu e cruzou rasteiro para a área onde Everton chegou batendo para o gol, marcando no Beira-Rio. Entretanto, estava Cortez estava impedido no início da jogada e o gol foi mais uma vez anulado.

SEGUNDO TEMPO
O jogo já iniciou mais movimentado com o Inter melhor em campo.

Aos 6, Alisson bateu de fora e o goleiro Diego Lomba espalmou. O time da casa respondeu aos 8 com Edenílson e o goleiro Vanderlei espalmou. Já aos 11, o Inter chegou dentro da área novamente com Edenílson batendo cruzado após escanteio e o goleiro Vanderlei salvou.

Aos 12, Victor Cuesta cabeceou com perigo após cobrança de escanteio, com perigo. O Tricolor respondeu aos 16 minutos. Após cruzamento de Victor Ferraz, Thiago Neves subiu mais que a marcação e cabeceou na trave.

Durante o segundo tempo, Renato colocou Caio Henrique, Pepê e Thiago Neves em campo.

Aos 34, o Inter chegou com perigo e após cruzamento rasteiro na área, ninguém complementou para as redes. Pepê perdeu grande contra-ataque aos 43. Edenílson perdeu ótima chance aos 45.

Mas aos 47 minutos, Everton cruzou na área e Diego Souza subiu bem, cabeceando bem sem chances para o goleiro, abrindo o placar já no apagar das luzes.

O Inter foi para a pressão e aos 49 acertou a trave.

O jogo se encaminhou para o final com vitória e classificação tricolor.



Veja também