O centroavante Diego Souza concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, véspera da segunda partida da semifinal da Copa do Brasil contra o São Paulo, e falou o que o Grêmio precisa fazer para obter a classificação para mais uma final da competição. Ele destacou que a equipe não deve mudar a forma de jogar, mas que precisa ficar atenta para evitar que o tricolor paulista comande a partida.

“É uma decisão e os nervos ficam a flor da pele. Temos que ter a concentração total. O São Paulo pressiona o árbitro o tempo inteiro. É uma equipe muito chata dentro de campo e temos que ficar ligados, pois, se deixarmos, eles apitam o jogo. Isso é notório assistindo aos jogos. Temos que estar ligados e dar o nosso melhor”, destacou.

A estratégia para sair do Morumbi classificado é manter a forma como o Grêmio vem atuando durante a temporada, mas com cuidados extras pela qualidade do adversário. “Jogamos duas vezes com o São Paulo e temos que ter a mesma postura. Marcação forte e, com a bola, ter personalidade para jogar e incomodar o adversário. Eles procuram sufocar os adversários dentro de casa, com toque de bola e muita gente no campo ofensivo. Se você aceitar isso, paga um preço muito caro. Sabemos disso e temos que repetir a mesma postura do primeiro jogo. Marcação forte e agredir o São Paulo”, ressaltou.

Diego Souza destacou ainda o privilégio de participar de um grupo vencedor como o do Grêmio e que está acostumado com decisões. Além disso, fez questão de ressaltar a qualidade do grupo tricolor e a importância de ter Renato Portaluppi no banco de reservas.

“O Renato é um cara paizão. É um multicampeão e somos felizes de tê-lo ao nosso lado nestes momentos. Tudo que vivenciou e tem de experiência, ele nos passa. A tranquilidade que ele tem neste tipo de momento é fundamental para nos dar total liberdade, apoio e confiança para que possamos fazer o nosso melhor. Sabemos que no lado de fora tem um cara que nos protege, nos defende e briga por nós. Então, temos que entrar em campo e lutar para chegarmos a mais uma final da Copa do Brasil”, concluiu.

O Grêmio treinou na manhã desta terça-feira e a partir das 13h, em voo fretado, viaja para São Paulo. O jogo decisivo está marcado para as 21h30min de quarta-feira no Morumbi. Os comandados de Renato Portaluppi avançam para a final vencendo ou empatando com os paulistas.



Veja também