Diego Souza é mais um jogador do Grêmio a esquecer a eliminação diante do Santos na Libertadores. O centroavante, na verdade, quer foco total no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil contra o São Paulo, nesta quarta, na Arena. Além de uma “guerra”, o confronto precisará ser tomado pelas “coisas boas” feitas pela equipe ao longo da temporada, reforça.

Em entrevista coletiva na segunda-feira, Matheus Henrique já havia avisado para o elenco não ficar “com a cabeça enterrada” na goleada sofrida na Vila Belmiro, há uma semana. Nesta terça, foi a vez de Diego passar por cima da frustração.

— Não vejo motivo para falar do jogo do Santos. A motivação é totalmente diferente, a gente teve 17 jogos: 16 bons e um ruim. Vamos falar do ruim até quando? Temos que falar das coisas boas que fazemos. Ir para mais uma guerra. Sabemos que é difícil, mas temos condições de seguir na competição — comentou.

Diego Souza em treino do Grêmio antes do São Paulo — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Diego Souza em treino do Grêmio antes do São Paulo — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Se a comparação entre os mata-matas não agrada a Diego Souza, tampouco há semelhanças com o empate em 0 a 0 entre as equipes pelo Brasileirão. O centroavante crê que o duelo desta quarta será uma nova história, totalmente diferente.

— Claro que é um jogo de copa, de caráter eliminatório. Mas o que aconteceu no Brasileiro ficou para trás. É uma nova história, fica para trás e temos que estar bem preparados para tudo que vai acontecer amanhã (quarta-feira) — completou.

Para a partida, a principal dúvida do time está na ponta direita, já que Alisson voltou a ser relacionado após dois meses. Mas Ferreira é o cotado para iniciar.

O provável time tem: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan, Ferreira (Alisson), Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza.

O Tricolor começa a decidir uma vaga na final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena. O jogo de volta ocorre dia 30, na próxima quarta, no Morumbi.



Veja também