A vitória sobre o Corinthians, no sábado, esteve nos pés de Diego Souza. Mas o centroavante do Grêmio chutou para fora o pênalti no duelo direto com Cássio e perdeu a chance mais clara de tirar o 0 a 0 do placar na Arena. Nesta segunda-feira, o centroavante falou sobre o lance em mais um confronto particular contra o goleiro do Timão.

Os nomes dos dois jogadores remontam ao confronto entre Corinthians e Vasco nas quartas da Libertadores de 2012, conquistada pelos paulistas. Diego Souza teve chance cara a cara com Cássio, mas o goleiro fez a defesa.

Em 2018, pelo São Paulo, o centroavante pararia no rival outra vez, na disputa de pênaltis da semifinal do Paulistão. Isso, no entanto, não mexe com o experiente atacante.

— Me sentir pressionado sobre isso? Jamais! É minha profissão. Vou bater novamente outros pênaltis. Na minha carreira tenho muitos gols de pênalti e sempre foi uma virtude minha. Ele (Cássio) foi feliz uma vez. Desta vez, fui infeliz de bater para fora — destacou Diego Souza em entrevista coletiva.

Diego Souza lamenta pênalti perdido pelo Grêmio — Foto: Eduardo Moura/ge

Diego Souza lamenta pênalti perdido pelo Grêmio — Foto: Eduardo Moura/ge

Para o camisa 29, o Grêmio fez um bom jogo e não tirou proveito das oportunidades criadas além do pênalti sofrido pelo próprio centroavante. O artilheiro do clube na temporada diz que, se repetir o rendimento, o Tricolor estará mais próximo de vitórias.

— O que fico chateado é que nós jogamos muito bem, com intensidade muito boa, criamos muitas oportunidades e merecíamos a vitória. Mas nem sempre quem merece consegue o resultado no futebol. Mas me senti feliz, no que podia, é que nossa equipe jogou muito bem. Teve posse de bola de Grêmio, jogou no campo do adversário, pressionou. Se jogarmos assim, a maioria das partidas a gente consegue vencer — completou o centroavante.

Diego Souza tem nove gols no ano em 14 partidas disputadas pelo Grêmio. O centroavante deve ser titular novamente contra o Flamengo, na próxima quarta, no Rio. O confronto está marcado para as 19h15.



Veja também