Um dos nomes mais experientes do elenco do Grêmio, Diego Souza fez coro ao técnico Renato Portaluppi e rebateu a tese de que o Tricolor chega pressionado para o clássico Gre-Nal desta quarta-feira, no Beira-Rio, pela Libertadores. O centroavante de 35 anos, porém, admitiu uma queda de rendimento do time e dele mesmo.

O Tricolor não ganha há três partidas. Mais: nos últimos 10 jogos, tem só duas vitórias — soma ainda três derrotas e cinco empates. Está com quatro pontos no Grupo E da Libertadores, três atrás do Inter e apenas um acima de Universidad Católica e América de Cali, que se enfrentam também nesta quarta. Nada disso, porém, preocupa o elenco gremista.

— Pressionado, de maneira nenhuma. É um clássico, sabemos da importância desse resultado para nós. A chave está embolada. Precisamos de uma vitória, sempre jogamos por isso. Sabemos muito bem o que temos que fazer. Trabalhamos muito para realizar bem a função em campo. Sabemos da rivalidade e o que precisamos fazer em campo para conseguir o resultado — afirmou o atacante em entrevista coletiva na véspera do clássico.

Diego Souza, do Grêmio, antes do Gre-Nal pela Libertadores — Foto: Vitor Rodriguez/Grêmio

Diego Souza, do Grêmio, antes do Gre-Nal pela Libertadores — Foto: Vitor Rodriguez/Grêmio

“Sabemos da nossa pressão, de que precisamos render um pouco mais. Mas a gente sabe que o Renato é um cara fantástico e blinda todo o nosso grupo. A pressão que sabemos que tem é por resultados” (Diego Souza)

Artilheiro do Grêmio no ano com 11 gols em 22 jogos, Diego também reconheceu que o seu rendimento nos últimos jogos não foi bom. Justificou isso com a ausência de gols nas últimas partidas — e também pelas poucas oportunidades que teve para finalizar.

— Sem dúvida, o meu rendimento caiu. Se não faço gol, sou camisa 9 e preciso realmente fazer gols para colaborar da melhor maneira. A gente tem tido alguns empates e sou o jogador que, se faço gol, estou bem, e se não faço, estou mal. Sei da minha responsabilidade, do que a gente precisa. Vou procurar fazer gol, só assim conseguimos ajudar da melhor maneira possível — avaliou.

O Grêmio fez o último treino para o clássico nesta terça-feira. O elenco está concentrado desde a noite de segunda-feira. Com todos os testes para Covid-19 negativos, os 30 atletas relacionados estão aptos a entrar em campo no Gre-Nal. A bola rola às 21h30, no Beira-Rio.



Veja também