Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Envolvido no segundo gol de Everton na vitória sobre o São José, Ferreira tem sido um dos destaques do Grêmio nas primeiras partidas de 2020. O atacante teve sondagens de Athletico, Goiás e Chapecoense, mas Renato Gaúcho não liberou o jovem para ser negociado. A intenção do atleta também era de buscar seu espaço na temporada.

O treinador tem apreço pelo futebol do atacante, que ganhou chances já na reta final de 2019 no Brasileirão. Recentemente, o Athletico sondou a situação para saber da chance de contratação por empréstimo. A Chape também caminhou no mesmo rumo. O Goiás foi outro a buscar o jogador.

Além de outras sondagens anteriores, como já havia ocorrido de um clube da Bélgica. Todas esbarraram na vontade de Renato em utilizar o jovem de 22 anos. O que se cumpriu nos primeiros compromissos de 2020.

— Ferreira é um guri que deu a volta por cima, mudou o conceito de jogar e pensar. E tem muita força de vontade para vencer na vida e vai vencer. Vai querer sempre mais. Encontrou um sentido para jogar futebol, ele ama jogar o futebol bonito, alegre. Isso fez que ele mudasse da água para o vinho e vai dar muitas alegrias para o torcedor do Grêmio — apontou Pablo Bueno, empresário do atleta.

Ferreira fez gol no empate contra o Pelotas, na Recopa Gaúcha, e entrou em todas as três partidas do Gauchão. As boas atuações fazem ganhar pontos dentro do elenco. Hoje, Renato tem Everton, Alisson, Pepê e Ferreira como alternativas para jogar pelos lados.

O atacante, que esteve próximo de deixar o clube ano passado, enfim conseguiu deslanchar em 2019 e foi o artilheiro do Brasileirão de Aspirantes. A partir do bom desempenho, ganhou espaço no elenco principal e já, no fim do ano, teve chances na Série A.



Veja também