Guilherme Jordani / Divulgação

O Grêmio definiu na tarde desta quinta-feira (14) Dênis Abrahão como novo vice-presidente de futebol. O dirigente chega para ocupar o cargo que ficou vago após a derrota para o Fortaleza, quando Marcos Herrmann, que estava à frente do vestiário desde abril, pediu seu desligamento.

Abrahão é conselheiro do clube e atuou pela primeira vez no departamento de futebol durante a segunda gestão de Fábio Koff, na vitoriosa década de 1990. Em 1999, ganhou protagonismo quando foi contratado como diretor-executivo, sendo remunerado para ser o elo com a ISL, que investiria no clube.

Apesar da saída da multinacional, seguir exercendo a função até 2002. Neste período, o Tricolor conquistou a Copa do Brasil de 2001 e foi semifinalista da Libertadores do ano seguinte.

Após a definição do novo homem forte do vestiário, a diretoria gremista partirá em busca do treinador para substituir Felipão. Até lá, Thiago Gomes seguirá comandando a equipe de forma interina.

Lutando para deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão, o Grêmio tem o próximo compromisso agendado para domingo (17), quando receberá o Juventude, na Arena, às 18h15min.



Veja também