Demissão na categoria de base do Grêmio devido a doping

15 de janeiro de 2013 - Às 14:36

Durante a Copa do Brasil Sub-20, o Grêmio teve dois jogadores pegos no exame antidoping. Desta forma, o preparador físico da categoria, Diego Mello, foi demitido. Mateus e Felipe, jogadores do Tricolor, foram pegos no doping pela substância methylhexaneamine, usada em descongestionantes nasais e proibida por também ser encontrada em suplementos dietéticos.

O Grêmio se prepara para a defesa dos jogadores no STJD e a decisão de demitir o jogador foi interna no clube.
O clube enviou um advogado à Copa São Paulo. Lá, o profissional entrevistou parte do elenco. Os jovens comprovaram a versão do clube e foram além, acusaram o preparador demitido de oferecer ‘facilidades’ na compra de suplementos.
Adaptado de Uol Esporte.

É realmente lamentável que casos como esse ainda ocorram. Na minha opinião, o Grêmio agiu corretamente na demissão do preparador físico.



Veja também