Em outras temporadas, seria loucura cogitar que Pedro Geromel e Kannemann não estejam juntos em campo no até agora mais importante jogo do Grêmio no ano. Mas David Braz fez em 2020 um trabalho constante como terceira via na defesa e pode aparecer no duelo contra o Santos, pelas quartas de final da LIbertdores, nesta quarta-feira, às 19h15, na Vila Belmiro.

A dúvida leva muito em consideração o contexto do retorno de Kannemann. O zagueiro voltou após um mês afastado justamente no primeiro jogo com o Peixe. E saiu no intervalo, sacado pelo técnico Renato Portaluppi. No último domingo, jogou por 90 minutos no empate com o Goiás.

Na temporada, Braz tem 37 jogos, 30 deles como titular, contra 22 do argentino, todos desde o início. A incerteza, pelo menos externa, na defesa gremista também leva em conta a exposição do time aos atacantes santistas em um período de retomada de Kannemann.

David Braz em ação pelo Grêmio contra o Santos — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

David Braz em ação pelo Grêmio contra o Santos — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A dupla Geromel e Kannemann segue com todos os méritos e incontestável. Mas pode abrir espaço momentaneamente para uma terceira via. Quando questionado pelo ge após o empate de domingo se a troca do intervalo poderia ocorrer desde o início na Vila Belmiro, Renato usou toda sua habilidade de ponta direita.

— Você é auxiliar do Cuca? Deve ser. Qualquer jogador pode jogar quarta. Vou conversar com o departamento médico, saber da situação de todos. E a partir dai começo a definir a equipe. Qualquer jogador que esteja aqui (Goiânia) ou em Porto alegre pode começar — despistou.

A troca no intervalo também influenciou no jogo gremista, apesar de Braz ser um defensor. O zagueiro completou 36 passes em um tempo, enquanto Kannemann acertou 16 na etapa inicial.

Braz só teve um passe incompleto e ainda foi autor de uma cobrança de falta perigosa e de uma cabeçada para fora. O argentino contabilizou três passes incompletos e um cabeceio na área rival.

Kannemann jogou três partidas na Libertadores, com uma vitória e dois empates. Invicto, portanto. O ex-santista David Braz participou de sete jogos, sendo seis como titular. Tem quatro vitórias, dois empate e uma derrota.l

Kannemann é um dos capitães do grupo, como também Braz, e tem no currículo duas Copas Libertadores, uma pelo San Lorenzo e a outra pelo Tricolor.

O Grêmio tem Jean Pyerre relacionado para o confronto, mas não concentrou o volante Maicon. Darlan deve ficar na vaga do experiente meio-campista.

O Grêmio treina pela manhã nesta terça e depois viaja para Santos.



Veja também