Defensivo, Grêmio cede empate ao Fluminense nos acréscimos

12 de outubro de 2013 - Às 23:24

Buscando se recuperar da inesperada derrota em casa na última rodada, o Grêmio visitou o Fluminense e empatou por 1 a 1. Jogando defensivamente, o Grêmio quase conseguiu a vitória mas acabou castigado ao sofrer o empate nos acréscimos da partida. Com o resultado, o Grêmio se mantem na vice-liderança com 49 pontos.

O Grêmio começou melhor a partida no Maracanã, mantendo mais a posse de bola. Porém, nenhuma das duas equipes oferecia perigo. Com o domínio do jogo, o Grêmio foi o ataque e as primeiras grandes chances foram do visitante.
Aos 21 minutos, Souza recebeu de Barcos e da entrada da área bateu de primeira, de esquerda, acertando um belo chute no travessão. Aos 24, após cobrança de falta, Barcos cabeceou à queima-roupa e o goleiro do Fluminense salvou.
Aos 33, o Fluminense teve sua primeira grande chance. O goleiro Marcelo Grohe fez duas grandes defesas no mesmo lance e a zaga do Grêmio tirou a bola de dentro da pequena área. Aos 37, o Grêmio abriu o placar com Bressan, pegando a sobra de sua própria cabçada na trave.
Após o gol, o Fluminense partiu para o ataque, criando várias oportunidades. Porém, apareceu Marcelo Grohe, que terminou o primeiro tempo sendo o nome do time.
Para a etapa final, o time do Fluminense novamente voltou pressionando, porém o Grêmio, já mais organizado, estava consistente na defesa e nãpo deixava o time carioca criar grandes chances. A ‘falsa’ pressão do Fluminense continuou, mas aí o time carioca teve um jogador expulso aos 28 minutos. Biro Biro simulou pênalti e recebeu o segundo amarelo.
O Grêmio, soberano na partida, segurava o resultado, porém aos 45 minutos, em jogada individual, Rafael Sóbis chutou e contou com desvio da zaga para encobrir Marcelo Grohe e empatar a partida.


Veja também