Decisão sobre permanência de Renato fica com a diretoria do Grêmio

8 de dezembro de 2013 - Às 22:23
Após o empate com a Portuguesa e o objetivo alcançado de garantir vaga direta na Libertadores e também o vice-campeonato, o técnico Renato Portaluppi foi perguntado na entrevista coletiva sobre o seu futuro no Tricolor, e deu a entender que a decisão é apenas da diretoria do Grêmio, dizendo que ‘eles tem meu telefone’:
— Não quero falar nisso, vamos curtir o segundo lugar, essa pergunta tem que ser feita para o presidente, cabe a ele, nesse momento estou de férias e ele (presidente Fábio Koff) tem meu telefone — disse, completando — Fiz a minha parte, estou tranquilo, converso às vezes com a diretoria, mas o objetivo que era o mais importante, e eles têm o meu telefone.
Renato deixou também uma indefinição sobre a permanência:
— Sou um profissional, gosto muito do clube, da torcida, em criei aqui dentro, mas tenho que ver o que é melhor para mim e para minha família — declarou, continuando — Precisamos sentar para conversar, há interesse das duas partes.


Veja também