Debaixo de chuva, Grêmio bate o Coxa na estreia da Sul-Americana

1 de agosto de 2012 - Às 02:12
Pela primeira partida da Copa Sul-Americana, o Grêmio recebeu o Coritiba no Olímpico debaixo de muita chuva e venceu por 1 a 0, graças a gol de André Lima. Os 6740 gremistas que compareceram ao estádio viram o Tricolor ser bem mais ofensivo, merecendo a vitória e a vantagem para o jogo de volta.

Foto: UOL – Editada Sangue Azul
Apesar da chuva, o primeiro tempo no Olímpico foi bastante movimentado, com o Grêmio criando várias chances de gol, apesar de não ser efetivo. Com o campo encharcado, o caminho era a bola aérea e o chute de fora da área. 
E aos 3 minutos, Elano cobrou falta, Kléber chutou de primeira de dentro da área e a bola passou muito perto. O Coritiba teve sua única chegada aos 6 minutos, quando Ayrton cobrou falta, Grohe soltou bola fácil e a zaga conseguiu afastar. De fora da área, Souza arriscou aos dez minutos, e o goleiro Vanderlei fez grande defesa, jogando à escanteio.
Aos 19 minutos foi a vez de Elano arriscar o chute, mas uma  vez o Tricolor ficou no quase. Aos 23, André Lima recebeu livre na entrada da área e chutou fraco para fácil defesa do goleiro.
O Grêmio era ofensivo, tocava a bola e tinha o domínio total da partida. O time paranaense tentava os contra-ataques, mas sem sucesso.
Aos 43 minutos, Kléber chegou a linha de fundo e cruzou para Elano tocar de cabeça, para fora. No minuto seguinte, André Lima recebeu lançamento na área e ajeitou de peito para chute de Marco Antônio. O goleiro Vanderlei fez grande defesa, jogando à escanteio.


No segundo tempo com Léo Gago, o Grêmio tentou pressionar mais, porém a chuva voltou a ficar forte, dificultando o toque de bola das equipes dentro de campo. O Coritiba quase marcou aos 12 minutos, quando Gil chutou de fora da área, e a bola passou muito perto do gol de Grohe.


Aos 19 minutos, Kléber tabelou com Elano, entrou na área e bateu forte, mas para fora. O Grêmio pressionava mas não finalizava com precisão, até que a bola parada no 9º escanteio acabou decidindo. Aos 26 minutos, Léo Gago cobrou escanteio com categoria, André Lima subiu mais e cabeceou para as redes.


O Coritiba chegou bem aos 34 minutos, Leonardo recebeu na área mas bateu fraco e rasteiro, para fácil defesa de Marcelo Grohe. O Grêmio continuou mais presente no campo de ataque e não deixou o Coritiba esboçar uma reação.
O Tricolor conquistou uma vitória magra, mas importante para o jogo de volta, que ocorre somente daqui três semanas.



Veja também