Há 453 dias, Ferreira era afastado do time principal do Grêmio por um imbróglio na sua renovação de contrato. Mas o tempo passou, ele deu a volta por cima e virou protagonista, a ponto de ter sido eleito o Craque do Gauchão 2021, conquistado pelo Tricolor. O atacante está no radar do futebol europeu e é o mais novo alvo da direção para renovar o vínculo.

Na festa dos Melhores do Gauchão, exibida pelo ge.globo/rs, Ferreira recebeu três prêmios: Craque do Gauchão, Craque das Finais e Melhor Atacante na seleção do campeonato. Um reconhecimento a quem marcou o gol do empate em 1 a 1 no Gre-Nal do último domingo, outro símbolo de seu novo momento.

Afinal, em fevereiro de 2020, Ferreira foi afastado por um imbróglio contratual. Ele quase deixou o Tricolor devido ao impasse que teve direito a ação judicial. Em setembro, a defesa do atleta concordou em retirar o processo.

A partir daí, a negociação foi retomada e terminou com desfecho positivo: renovação do jogador assinada até o fim de 2023. De lá para cá, ele soube cavar um espaço no time. Enfrentou por um tempo a concorrência de Everton Cebolinha e de Pepê.

Mas bastou a temporada 2021 iniciar para ele tomar posse da ponta esquerda na equipe. Na atual temporada, Ferreira é quem mais atuou, ao lado de Brenno, com 21 jogos. Ele é o líder de assistências do time, com sete passes, além de ser o vice-artilheiro, com 11 gols, atrás de Diego Souza, com 13.

É de longe o melhor ano de sua carreira. Atrelado a isso, a busca pela renovação se dá também porque o atual contrato de Ferreira tem multa rescisória baixa para alguns países. O valor varia entre 8 milhões e 16 milhões de euros, a depender do país. O Grêmio detém 50% dos direitos do jogador.Foi estabelecida a multa rescisória. Evidentemente, talvez não seja a multa dos sonhos, mas que qualquer clube gostaria de ter.— Vice-presidente do Grêmio Marcos Hermann após o título do gauchão

O ge divulgou recentemente que o Dínamo Kiev, atual campeão ucraniano, tentará negociar a transferência de Ferreira na próxima janela. O movimento é um pedido do técnico Mircea Lucescu. Mas o Grêmio desconhece qualquer oferta oficial.

Outros clubes europeus também têm analistas recomendando uma sondagem por Ferreira. Até por isso, o Tricolor quer se antecipar ao assédio da Europa e renovar com o atleta. Porém, nenhuma reunião entre direção e estafe do atleta foi marcada.

O Grêmio esperava o retorno do empresário Pablo Bueno a Porto Alegre – ele desembarcou na capital ainda no domingo. Pelo histórico, a diretoria espera certa dificuldade, mas a boa relação com o CEO Carlos Amodeo é um ponto que pode ajudar nas conversas.

Ferreira comemora gol do Grêmio no Gre-Nal da final do Gauchão, na Arena — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Ferreira comemora gol do Grêmio no Gre-Nal da final do Gauchão, na Arena — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

A tendência do negócio é de estender o vínculo, aumentar o salário e, consequentemente, a multa rescisória. O próprio vice-presidente Marcos Hermann garantiu que a ideia é manter Ferreira no Grêmio.

— O Ferreira tem uma relação com o clube muito boa. Imagino que possamos conversar. Eventualmente mantê-lo no grupo, é o que gostaríamos e vamos tentar fazer. Sempre lembro que há um ano tínhamos uma situação diferente, de um risco de perdê-lo. Ele está feliz no clube. A relação com o representante, ao contrário do que se imagina, é positiva — comentou o dirigente.

Ferreira ganha pela segunda vez seguida um descanso no meio da semana. Dos 24 jogos do Grêmio na temporada, ele disputou 21, todos como titular.

O Tricolor encerra a fase de grupos da Sul-Americana na quinta-feira, às 21h30, com um time sub-21 contra o La Equidad, no Equador. Apenas no domingo Ferreira volta a campo para enfrentar o Ceará, na estreia do Brasileirão.



Veja também