Cruzeiro diz ter acertado salários com Edílson, mas Grêmio nega proposta

Direção gremista garante não ter sido procurada pelo clube mineiro

20 de dezembro de 2017 - Às 17:17
Foto: Eduardo Deconto

Na busca por um lateral-direito, o Cruzeiro tenta a contratação de Edílson, do Grêmio. De acordo com a imprensa mineira, o jogador acertou bases salariais com o clube mineiro. A negociação agora depende de um acordo com o Grêmio.

Em contato com o Correio do Povo, o vice de futebol do Grêmio, Odorico Roman, garantiu que o clube não foi procurado pelo Cruzeiro sobre o assunto. Odorico, no entanto, destacou que a direção não pode impedir nenhum jogador de ouvir propostas de outras equipes.

Edílson tem contrato com o Grêmio até metade de 2019. Quando surgiu o interesse do Cruzeiro em Edílson, a informação inicial era de que a multa contratual do jogador era de R$ 3 milhões. Odorico Roman, no entanto, garante que ela supera os R$ 10 milhões. “Bem mais que isso”, disse ao ser questionado se o valor da multa girava em torno de R$ 10 milhões.

Titular da equipe gremista campeã da Libertadores, Edílson chegou ao Grêmio na metade do ano passado para sua segunda passagem pelo clube. Em 2007, o lateral-direito disputou 40 partidas e marcou quatro gols.



Veja também