O Grêmio terá dois desfalques para o jogo desta terça-feira contra a Universidad Católica, pela 5ª rodada do Grupo E da Libertadores. E não são qualquer desfalques. O clube informou em nota nesta sexta-feira que Geromel e Kannemann, a dupla de zaga titular, testou positivo para Covid-19.

Segundo comunicado divulgado pelo Grêmio, os dois jogadores foram afastados do grupo, estão assintomáticos e farão quarentena de 15 dias, conforme o departamento médico do Tricolor. Com isso, ficam fora também do clássico Gre-Nal, no sábado, pelo Campeonato Brasileirão.

Kannemann e Geromel em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann e Geromel em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

No total, o clube realizou 81 exames de Covid-19 entre atletas, comissão técnica, equipe de apoio e funcionários do CT para o jogo desta terça-feira. Os únicos dois positivos foram os zagueiros.

Geromel era cotado para retornar ao time após se recuperar de lesão muscular sofrida justamente contra a Católica, no jogo no Chile. Sem ele e Kannemann, Renato deve escalar Rodrigues e David Braz na dupla de zaga. Paulo Miranda ainda cumpre suspensão de quatro jogos por envolvimento na briga do Gre-Nal na Arena.

Lucas Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo é outra baixa. Maicon e Jean Pyerre, que também estavam no departamento médico, devem seguir de fora, mas o volante tem mais chances de voltar.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Assim, a provável escalação do Grêmio tem: Vanderlei; Orejuela, Rodrigues, David Braz e Bruno Cortez; Darlan, Matheus Henrique, Robinho (Maicon), Pepê e Alisson; Diego Souza.

O Grêmio tem sete pontos ganhos e é o segundo colocado no Grupo E, atrás do rival Inter no saldo de gols. Se vencer a Católica, pode se garantir nas oitavas de final da Libertadores com uma rodada de antecedência.



Veja também