José Alberto Andrade / Agencia RBS

Diferente de outros anos em que começou como titular absoluto da lateral esquerda do Grêmio, Bruno Cortez está experimentando a necessidade de jogar em alto nível desde o início da temporada. Da seleção brasileira sub-23 chegará na semana que vem Caio Henrique, novo reforço gremista para a posição que se apresentará com status de alguém contratado para entrar imediatamente no time.

A nova concorrência não assusta a Cortez que, a seu favor, apresentou boas atuações nos primeiros jogos de 2020, especialmente contra o Esportivo, conforme ele mesmo avalia:

— Sabemos que fizemos uma grande atuação no jogo passado. Era algo que o Renato vinha cobrando. Foi o Grêmio que o torcedor está acostumado a assistir e conseguimos a classificação, que era o mais importante para nós.

Sobre a concorrência que se estabelecerá com Caio Henrique, Cortez demonstra total naturalidade e saúda o novo companheiro:

— Todo o ano chegam novos jogadores. O Caio é muito bem-vindo, e a chegada dele aumenta o nível da nossa equipe. A disputa vai ser sadia como sempre foi . Quem escala é o Renato. Quando eu ganhar minha oportunidade, vou fazer como sempre fiz para aproveitar. Está todo mundo preparado para, quem o Renato escalar, dar o seu melhor.
O Caio Henrique é um excelente jogador.

Outra coisa que não causa sobressaltos em Bruno Cortez é a possibilidade de um clássico Gre-Nal na semifinal do primeiro turno do Gauchão. O lateral, porém, prefere salientar que há um objetivo maior para a equipe na próxima rodada da competição:

— Estamos talhando para buscar a primeira colocação. Temos que fazer a nossa parte. Se depois houver um Gre-Nal, a gente está preparado, mas antes de falar nisso, há o jogo de domingo. O que vier do outro lado vamos enfrentar.

A indiferença de Cortez quanto à semifinal do turno do Gauchão, entretanto, não existe quando o assunto é a preferência por local da partida:

— O importante é jogar em casa. Temos que fazer isto acontecer com o jogo de domingo. Quanto mais perto da torcida melhor.

O time do Grêmio e seu lateral-esquerdo contam com um início forte da temporada para consolidar um ano com mais títulos do que em 2019. Cortez é mais um gremista a confirmar que o time pode ter grandes ambições:

— Neste ano o time começou muito bem. Virão ainda os jogadores que estão na Seleção. O grupo está bem forte para brigar por todos os títulos. Quem entrar sabe que no banco tem gente pronta para também assumir a posição sem perdedor o entrosamento. Eu vou procurar melhorar cada vez mais e mais. Me cobro sempre. Tenho honrado esta camisa. Cada chance dada pelo Renato eu agarro com unhas e dentes. Agora não será diferente.

Muito cobrado pelo acabamento de suas jogadas pelo lado esquerdo, Bruno Cortez protagonizou um lance perfeito no jogo contra o Esportivo ao cruzar uma bola na cabeça do recém chegado Diego Souza que marcou o gol. Alegre, o lateral contou o diálogo com o novo companheiro e projeta novos gols:

— Ter um cara como ele facilita muito para mim. É um homem de referência. Falei ao Diego para se posicionar no segundo pau e ele foi. No primeiro jogo já deu resultado. O time como um todo já está ganhando uma cara nova, mas mantendo o estilo que o Renato quer para ter os melhores resultados na temporada.

Antes de passar a disputar a posição com Caio Henrique, Cortez terá pelo menos mais um jogo. Ele garante que fisicamente já se encontra em boas condições, admitindo que nas duas primeiras partidas ainda sentiu a “perna pesada”, mas que nos jogos seguintes já houve maior naturalidade nos movimentos.



Veja também