Corpo de Bombeiros exige colocação de cadeiras no setor da Geral e Grêmio deve recorrer da decisão

13 de fevereiro de 2013 - Às 01:24
A decisão do Comando do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre foi de colocação imediata das cadeiras no setor da Geral, na Arena, causando indignação por parte do Grêmio. A direção do Grêmio promete recorrer da decisão argumentando que tem o direito de usar aquele espaço.
O vice-presidente da Arena Porto Alegrense confirmou o documento recebido pelo corpo de bombeiros notificando da decisão:
– Se for nosso desejo, podemos manter aquele espaço fechado por um ou dois anos, enquanto pensamos em uma solução. O poder público não pode ameaçar com a interdição da Arena se não comprarmos cadeiras. Forçar a compra é arbitrário e ilegal – protesta Hein, que diz esperar uma decisão de bom senso.
Nesta Quinta-feira, o Grêmio já foi proibido e o setor da Geral estará vazio.
Um novo alvará para funcionamento terá que ser providenciado.
Informações adaptadas ZeroHora.


Veja também