Renato Gaúcho deposita boa parte de suas fichas no faro artilheiro de Felipe Vizeu para comandar o ataque do Grêmio em 2019. Antes de promover a estreia do reforço, inscrito no Gauchão na última sexta-feira, porém, o treinador aproveita as primeiras rodadas do estadual para observar as demais opções para a referência do setor em seu elenco.

O treinador mantém em sigilo a escalação para a partida contra o Juventude, nesta segunda, às 20h, na Arena, pela terceira rodada do Campeonato Gaúcho. Mas Jael deve ser o titular na função mais adiantada do ataque, conforme apurado pelo GloboEsporte.com – ainda a depender da confirmação de Renato.

O camisa 9 será a terceira opção testada pelo técnico em três jogos do estadual. Poderá ser o primeiro deles a balançar as redes. Em breve, Felipe Vizeu também terá sua chance, tornando-se o quarto centroavante a atuar com Renato em 2019.

Jael deve ser titular contra o Juventude — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jael deve ser titular contra o Juventude — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio estreou no Gauchão com formação reserva e Thonny Anderson como referência do ataque. Na goleada por 4 a 0 sobre o Novo Hamburgo, ele não marcou, mas contribuiu com uma asssistência. Em seguida, André foi titular no empate em 1 a 1 com o AImoré. E teve atuação discreta.

Agora, Renato observará Jael na função, com o restante do time ainda sob sigilo. O objetivo é solucionar o mais breve possível uma indefinição que perseguiu o Grêmio ao longo de todo o ano passado.

– (A concorrência) É boa. Quem ganha com isso é o Grêmio. Todos ali da frente querem fazer os gols para ajudar a equipe. Um grupo ganha campeonato. Jogo a jogo, o Renato mudará peças. Ele tem esse pensamento de mudar a equipe. Todos que tiverem oportunidade, tentarão ao máximo dar o melhor – comentou Jael em entrevista coletiva.

O Tricolor avançou até a semifinal da Libertadores de 2018 sem ter um centroavante garantido como titular absoluto da equipe. Contratado com alto investimento do Sport, André não conseguiu ocupar o posto. E viu Jael encerrar o ano como dono da posição, a ponto de garantir a renovação de contrato até o final de 2020.

Renato Gaúcho ainda definirá quem será o centroavante do Grêmio em 2019 — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Renato Gaúcho ainda definirá quem será o centroavante do Grêmio em 2019 — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Em números, o Cruel teve desempenho melhor do que André e até do que Vizeu em 2018. Marcou 12 gols em 46 jogos, com média de 0,26 por partida. André anotou quatro gols em 29 partidas, com média de 0,13. Vizeu, por sua vez, balançou as redes três vezes em 18 jogos, com média de 0,16.

Com uma espécie de vestibular para a referência do ataque, Renato Gaúcho ainda mantém indefinida a formação que mandará a campo para pegar o Juventude. A tendência é de que a equipe já esteja mais próxima da escalação considerada ideal. O goleiro Júlio César ganhará chance no time, como prometido pelo técnico. Léo Moura também será titular.



Veja também