Foto: Divulgação Grêmio

O Conselho Deliberativo votou e aprovou a suplementação orçamentária de 2021 e também o orçamento para 2022. Foi a primeira reunião presencial do colegiado após o início da pandemia. O encontro ocorreu na noite de quinta-feira na Arena.

O Grêmio deve encerrar 2021 com uma receita de R$ 467,3 milhões. São 37,4% (R$ 127,2 milhões) acima do orçamento. O clube gastou R$ 395,6 milhões com a atividade do desporto, 42,3% (R$ 116,9 milhões) a mais que o orçado. A projeção de superávit para 2021 está em R$ 7,4 milhões.

O orçamento de 2022 do clube aponta uma receita de R$ 294,5 milhões. A ponto de comparação, são 37% abaixo da previsão para terminar 2021. A projeção do clube é de um superávit de apenas R$ 385 mil no enceramento de 2022.

O presidente do Conselho Deliberativo Carlos Biedermann conduziu a reunião, junto do presidente do clube Romildo Bolzan. Esteve presente também o Executivo de Controladoria Fabiano Wurdig.

Feitas as apresentações, o Conselho Fiscal e a Comissão de Economia e Finanças votaram e aprovaram por maioria tanto a suplementação orçamentária de 2021 como o orçamento para 2022. Ao fim, o presidente Romildo Bolzan respondeu os questionamentos dos conselheiros presentes.



Veja também