Em pouco mais de uma hora de reunião na tarde desta quinta-feira, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) apresentou ao Governo do Rio Grande do Sul o protocolo para a retomada do Gauchão a partir de 19 de julho. As normas para a volta do futebol depois de mais de 100 dias são rígidas e envolvem limitação nas delegações, duas baterias de 50 testes e restrições até nas concentrações.

O GloboEsporte.com teve acesso ao documento de 13 páginas com as diretrizes do protocolo para a conclusão do Gauchão, entregue pelo presidente da FGF Luciano Hocsman ao Secretario de Esporte e Lazer do RS, Francisco Vargas. As exigências impostas pela federação para a retomada do futebol foram muito bem recebidas pelas autoridades estaduais.

O encontro entre FGF e estado encerrou sem martelo batido. Mas com muito otimismo para que o Gauchão seja retomado em 19 de julho. A previsão é de que a competição seja encerrada no máximo até o dia 9 de agosto. A rodada de reabertura terá os clássicos Gre-Nal, Ca-Ju e Bra-Pel.

O protocolo aponta ainda a disputa com redução no número de sedes. Os Estádios 19 de Outubro (São Luiz, em Ijuí), Colosso da Lagoa (Ypiranga, em Erechim) e Bento Freitas (Brasil, em Pelotas) não serão utilizados.

FGF apresenta protocolo para a volta do Gauchão — Foto: Reprodução

FGF apresenta protocolo para a volta do Gauchão — Foto: Reprodução

O protocolo prevê duas baterias de 50 testes para Covid-19 durante o período de treinamentos. A primeira logo na retomada dos trabalhos, a depender de definição dos clubes. A segunda, já na reta final dos treinamentos.

Em seguida, os atletas iniciam o regime de concentração para a disputa das três rodadas restantes do segundo turno. Os clubes classificados passarão por mais uma bateria de exames para Covid-19 e seguirão em período de concentração. O processo se repetirá em caso de grande final.

Gandulas, maqueiros, profissionais de imprensa e demais pessoas envolvidas no protocolo de jogo também terão de passar por testes para Covid-19. Os jogos não terão público.

> Os principais trechos do protocolo:

  • Duas baterias de 50 testes cada no período de treinamentos;
  • Regime de concentração para as três rodadas restantes com limite de dois atletas por quarto e preferência de quartos individuais;
  • Delegações limitadas a 31 integrantes;
  • Deslocamento ao estádio em dois ônibus para evitar aglomerações;
  • Chegada ao estádio uma hora antes do jogo;
  • Atletas chegam preferencialmente fardados e limitam o uso dos vestiários;
  • Sedes regionalizadas: Arena do Grêmio, Beira-Rio e Passo D’Areia (Porto Alegre), Cristo Rei (São Leopoldo), Estádio do Vale (Novo Hamburgo), Alfredo Jaconi e Estádio Centenário (Caxias do Sul), Montanha dos Vinhedos (Bento Gonçalves) e Boca do Lobo (Pelotas);
  • Limite de 50 profissionais (25 nas áreas de competição e 25 nas áreas administrativas);
  • Jogos sem público

As delegações de cada clube serão limitadas a a 31 pessoas: 17 atletas, 5 dirigentes ou funcionários administrativos, treinador, preparador de goleiros, preparador físico, médico, massagista/fisioterapeuta, 1 analista de desempenho, 1 roupeiro e 2 seguranças.

Cada jogo terá no máximo 25 profissionais nas áreas de competição e mais 25 nas áreas administrativas do estádio. A exceção fica por conta do Gre-Nal, com maior capacidade (não especificada).

> As datas do Gauchão:

  • Fase classificatória: 3 rodadas, 6 jogos por rodada – 19/07 (domingo), 22/07 (quarta) e 26/07 (domingo)
  • Semifinal do 2º turno: 2 jogos – 29/07 (quarta)
  • Final do turno: 1 jogo – 02/08 (domingo)
  • Grande final: 2 jogos – 05/08 (quarta) e 09/08 (domingo)

As entrevistas coletivas serão realizadas apenas com o treinador. E por meio de um jornalista da FGF. que receberá perguntas via WhatsApp.

O documento não menciona em momento algum, porém, se os jogos serão realizados independentemente da classificação de cada cidade de acordo com os critérios do distanciamento controlado proposto pelo Governo do RS. Atualmente, Pelotas é a única cidade com bandeira amarela e que pode receber jogos.

> Jogos por sede:

  • Porto Alegre – 5 jogos:
    Passo D’Areia:
     São José x Novo Hamburgo (22/07)
    Beira-Rio: Inter x Grêmio (19/07) e Inter x Aimoré (26/07)
    Arena: Grêmio x Ypiranga (22/07) e São Luiz x Brasil-Pel (26/07)
  • São Leopoldo – 2 jogos
    Cristo Rei:
     São Luiz x São José (19/07) e Aimoré x São Luiz (22/07)
  • Novo Hamburgo – 3 jogos
    Estádio do Vale:
     Novo Hamburgo x Aimoré (19/07), Brasil de Pelotas x Juventude (22/07) e Novo Hamburgo x Grêmio (26/07)
  • Caxias do Sul – 5 jogos
    Centenário:
     Ypiranga x Esportivo (19/07), Caxias x Pelotas (22/07) e Pelotas x São José (26/07)
    Alfredo Jaconi: Juventude x Caxias (19/07) e Juventude x Esportivo (26/07)
  • Bento Gonçalves – 2 jogos
    Montanha dos Vinhedos:
     Esportivo x Inter (22/07) e Ypiranga x Caxias (26/07)
  • Pelotas – 1 jogo
    Boca do Lobo:
     Pelotas x Brasil de Pelotas (19/07)


Veja também