Foto: Robson Mafra/AGIF

O reforço menos conhecido do Grêmio até o momento atende pelo nome de Nicolas. O lateral-esquerdo de 24 anos foi buscado para suprir a liberação de Bruno Cortez e se caracteriza pela força física e capacidade competitiva.

Nicolas disputou 34 partidas com a camisa do Athletico em 2021, com participação efetiva na campanha do título da Sul-Americana. Jogou só sete partidas a menos que Abner, considerado titular da função.

O ge ouviu dois profissionais que trabalharam com Nicolas em momentos diferentes da carreira: o auxiliar Kelly Guimarães (Athletico, em 2018) e o técnico Wagner Lopes (Atlético-GO, em 2019).

Os relatos são de um jogador com força, imposição física e boas noções defensivas. Segundo Kelly, ele pode ser alternativa para jogar como zagueiro pela esquerda em uma linha de três na defesa.

— Muito bom jogador. Profissional ao extremo. Jogador de duelo e força. Tem boa chegada ao fundo. Comprometimento defensivo e leitura nos comportamentos de linha defensiva. Vai contribuir muito com o time. Jogo aéreo muito bom também. Trabalha bem na construção — opina Kelly, que passou pelo Grêmio em 2021 ao lado de Tiago Nunes.

Nicolas atuou quase 50 vezes nas temporadas 2019 e 2020. Foi titular do Atlético-GO de Wagner Lopes. O treinador aponta uma melhora do lateral na parte defensiva ao observar seus jogos recentes. E elogia a convivência no dia a dia.

— O Nicolas é muito bom profissional, tem muita força e boa velocidade , apoia muito bem o ataque e tem uma boa batida na bola. Nos últimos jogos dele, percebi que melhorou a fase defensiva no um contra um e também a parte tática na linha de quatro — avalia.

Gosto muito da personalidade dele (Nicolas), sempre com alta astral e também é muito disciplinado. Acredito que com o (técnico Vagner) Mancini ele vai crescer ainda mais.— Wagner Lopes, técnico do Atlético-GO em 2019

Nicolas trabalhou com o técnico gremista Vagner Mancini em sua passagem pelo Atlético-GO e recebeu o aval do comandante. Disputará posição com Diogo Barbosa e Guilherme Guedes. Este, no entanto, ainda não tem a permanência garantida para a temporada.

O Grêmio já realizou outras três contratações para 2022: o lateral-direito Orejuela e o zagueiro Bruno Alves, ambos do São Paulo, e o atacante Janderson, do Corinthians. O centroavante Diego Souza, antes liberado, acertou a permanência. O elenco se apresenta na próxima segunda-feira.



Veja também