A histórica dupla de zaga Geromel e Kannemann parece ter perdido espaço no Grêmio. Com Felipão, a defesa encaixou sob os cuidados dos jovens Ruan e Rodrigues, este último agora de contrato renovado. A decisão passou por inúmeros fatores, como a necessidade de um esquema de transição rápida e os recorrentes problemas físicos dos mais experientes.

O ge apurou que o técnico Luiz Felipe Scolari projeta uma escalação com jogadores velozes em sua maioria. Ele tentou utilizar Geromel e Kannemann juntos ou até alternados em determinados jogos, mas viu maior eficiência para o momento nos garotos.

Além disso, o modelo de jogo adotado por Felipão prevê riscos em que a defesa possa ficar exposta em alguns momentos da partida. E para isso precisa de zagueiros velozes.

Ruan e Rodrigues (no centro) comemoram triunfo do Grêmio em cima do Vitória pela Copa do Brasil — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Ruan e Rodrigues (no centro) comemoram triunfo do Grêmio em cima do Vitória pela Copa do Brasil — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Geromel e Kannemann também ficaram para trás por apresentar constantes problemas físicos. O primeiro, inclusive, se recupera de fratura no pé, com previsão de retorno para outubro. Já o argentino convive com problemas no quadril há mais de uma temporada.(Ruan e Rodrigues) Fazem com que a gente tenha uma postura defensiva que em determinados momentos poderemos correr mais risco, porque eles têm mais velocidade que os que vinham atuando.— Felipão

— A gente fala com o Ruan e Rodrigues, que são zagueiros rápidos, com bons fundamentos, que ainda podem desenvolver mais. Treinam para isso. São jogadores que confiamos e eles vêm melhorando a cada jogo. É uma série de coisas que fizeram com que no jogo de hoje (domingo) os dois jogassem muito bem e vêm sendo os titulares — comentou Scolari após a vitória sobre o Flamengo no fim de semana.

Mas os números também asseguram a titularidade da dupla que subiu da base. Com Ruan e Rodrigues, o time vence mais, empata e perde menos em 2021. Apesar de acumularem um gol sofrido a mais que Geromel e Kannemann, têm média inferior por partida – 0,6 a 0,8 (compare no quadro abaixo).

O aproveitamento em jogos com a nova dupla titular passa de 70%. Mesmo que não façam parte do sistema ofensivo, Rodrigues e Ruan transmitem segurança para o ataque produzir mais. Chama atenção a diferença de 25 para seis gols marcados entre as duplas.

Números da temporada 2021

Ruan e RodriguesGeromel e KannemannGrêmio
Jogos161153
Vitórias11328
Empates2410
Derrotas3515
Gols sofridos10949
Gols marcados25687
Aproveitamento72,9%39,3%59,1%

Fonte: ge

O Grêmio se reapresentam nesta terça-feira no CT Luiz Carvalho. Felipão inicia a preparação para um jogo crucial na luta contra o rebaixamento. No próximo domingo, na Arena da Baixada, o Tricolor enfrenta o Athletico-PR.

Se vencer, pode até mesmo sair do Z-4, desde que Juventude e América-MG tropecem. No momento, o clube gaúcho é o 17º na tabela da Série A com 22 pontos, um a menos que o 16º.



Veja também