Começaram os problemas

12 de abril de 2011 - Às 02:16
Para quem conhece e acompanha Carlos Alberto em todos os clubes que passou, sabe que ele sempre dá problema, internamente e externamente.
Em uma entrevista coletiva nesta segunda, tudo ia tranquilo até uma pergunta sobre suas ‘noitadas’ de um jornalista do ‘Zero Hora’.
“Não tenho que dar explicação nenhuma. Fui bem claro na nota (publicada em seu blog), o Renato e a diretoria também. Só digo que foram problemas de ordem pessoal e não quero detalhar. Quem falou besteira vai ter que provar. Todos sabem que eu fui para o exame anti-doping naquele dia (jogo contra o Veranópolis, quando ele teria discutido no vestiário). Depois deste exame não se pode retornar ao vestiário. Não tem como, só se eu fosse mágico. Tomem conta de mim dentro de campo e deixem minha vida pessoal de lado. A única coisa que poderia me fazer parar de jogar futebol seria minha família. Se for necessário um dia, minha família será sempre prioridade”, explicou o jogador, em tom de desabafo.
**
Então Carlos Alberto, vamos lá que você tem muito o que mostrar!


Veja também