O Grêmio recebeu o Internacional na noite desta quinta-feira pelo primeiro clássico Gre-Nal da história da Libertadores e a partida acabou ficando no 0 a 0. O jogo foi bastante movimentado, com algumas chances de gol, mas a partida acabou manchada no final por confusão generalizada que resultou em oito expulsões.

O empate deixa ambas as equipes com 4 pontos no grupo.

CLIQUE AQUI E ASSISTA OS LANCES DO CLÁSSICO

Escalação inicial: Vanderlei, Victor Ferraz, Geromel, David Braz, Caio Henrique, Lucas Silva, Matheus Henrique, Maicon, Alisson, Everton, Diego Souza

PRIMEIRO TEMPO
O Tricolor iniciou a partida pressionando e aos 4 minutos, após cobrança de escanteio, Diego Souza cabeceou no canto e o goleiro Marcelo Lomba espalmou. O jogo era tenso e com menos de dez minutos, duas pequenas confusões já haviam acontecido.

Aos poucos, o Inter equilibrou a partida e teve chance aos 12 minutos com chute de fora da área de Edenílson que Vanderlei espalmou. A partida era de muito ‘perde e ganha’, muita movimentação e jogadas rápidas, entretanto sem criar oportunidades claras de gol.

O Internacional teve grande chance aos 32 minutos com Boschila que invadiu a área e tentou de cobertura em Vanderlei, mas errou, jogando para fora, perdendo ótima chance.

A etapa inicial se resumiu a muita marcação e algumas tentativas de contra-ataque. Foram cinco cartões amarelos, três do Inter e dois do Grêmio.

SEGUNDO TEMPO
Assim como na primeira etapa, o Tricolor começou pressionando, Everton invadiu a área mas foi travado, na sequência, Matheus Henrique chutou da entrada da área mas sem direção. Aos 6 minutos, Jean Pyerre entrou em campo no lugar de Maicon, contundido.

Aos 17, Pepê entrou no lugar de Alisson. Aos 18, Jean Pyerre arriscou chute de fora da área e obrigou o goleiro Marcelo Lomba a espalmar.

A melhor chance da partida foi aos 23 minutos em chute de fora da área de Edenílson que acertou a trave do goleiro Vanderlei. Aos 26 minutos, Pepê fez jogada individual, fez fila e bateu cruzado dentro da área, mas o goleiro Marcelo Lomba salvou.

Aos 34 minutos, Boschilia tabelou com Guerrero na entrada da área e de frente para Vanderlei bateu na trave, perdendo a chance para o time visitante.

Aos 38 minutos, Everton lançou Luciano que livre da entrada da área tentou encobrir o goleiro mas jogou por cima da trave, perdendo grande oportunidade. Aos 41 minutos, confusão no clássico com muito empurrão e briga, com socos e chutes. Como resultado, oito expulsões, sendo quatro de cada lado. Luciano, Pepê, Caio Henrique, Edenílson, Moisés e Cuesta. Além de dois jogadores do banco de reservas, Paulo Miranda e Praxedes.

Após 12 minutos de paralisação, o jogo recomeçou com sete jogadores para cada lado.

No final da partida, Lucas Silva recebeu cruzamento na entrada da área e bateu de primeira, Lomba espalmou e a bola ainda bateu no travessão antes de sair.



Veja também