Com um a menos, Grêmio peca nas finalizações e perde para o Vitória

Com primeiro tempo ruim e erro do árbitro, Tricolor acabou perdendo a primeira em casa

23 de junho de 2016 - Às 21:09
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio recebeu o Vitória na noite desta quinta-feira na Arena pela 10ª rodada do Brasileirão 2016 e acabou surpreendido ao ser derrotado pelo placar de 2 a 1. O Tricolor pecou nas finalizações, acabou tendo um jogador expulso e sofrendo gol de pênalti por um erro do árbitro e não conseguiu recuperar o resultado.

Com o revés, o Tricolor segue em 3º com 18 pontos, mas agora vê a distância ao líder subir a 4 pontos.

Escalação inicial: Grohe, Edilson, Fred, Bressan, Marcelo Oliveira, Walace, Ramiro, Douglas, Giuliano, Everton e Luan

PRIMEIRO TEMPO
O Grêmio iniciou a partida tendo a posse de bola e buscando mais o ataque. O time baiano apenas se defendia. O Tricolor, porém, abusava da quantidade de passes errados, principalmente próximo a área.

Quando criava oportunidades, Everton e Luan não finalizaram bem. O time baiano surpreendeu aos 25 minutos quando Diego Renan cruzou e Kieza de cabeça marcou. A situação Tricolor piorou aos 30, quando Bressan cometeu pênalti duvidoso e acabou expulso. Diego Renan cobrou e ampliou.

Com o baque, o Grêmio não conseguiu se encontrar em campo e com um a menos, passou a dar ainda mais espaços. Ao final do primeiro tempo, muitas vaias da torcida.

SEGUNDO TEMPO
A segunda etapa iniciou com o Tricolor sem qualquer poder de reação. Com um a mais, o Vitória ainda esteve bem fechado e não dava espaços. Aos 10 minutos, Edilson cruzou, o goleiro tirou de soco mas a bola bateu nas costas do zagueiro Victor Ramos e entrou, gol contra.

Nos lances seguintes, o Vitória por muito pouco não ampliou, mas em uma Dagoberto chutou para fora e em outra Grohe fez milagre. Mesmo com um a menos em campo, o Grêmio buscava trabalhar a bola no campo de ataque.

Aos 36, Fred fez boa jogada e tocou para Giuliano que bateu de perna esquerda, mas o goleiro salvou. Aos 45, Luan recebeu lançamento, o zagueiro falhou e o artilheiro do Grêmio ficou cara a cara com o goleiro mas bateu para fora, perdendo uma chance inacreditável.



Veja também