Com três gols de Borges, Grêmio vence e está na final da Taça Piratini

27 de fevereiro de 2011 - Às 21:06

No clássico GRE-CRUZ de Porto Alegre, o Grêmio jogando com os titulares, venceu o Porto Alegre-PO por 4 a 2, com três gols de Borges. Mesmo com desgaste físico, o Grêmio superou as dificuldades, e com apoio da torcida, venceu a zebra e está na final da Taça Piratini.
Grêmio4 – 2Cruzeiro-POA
Primeiro tempo de poucas chances
Jogando com o time titular, o Grêmio foi para cima desde o início, e o Cruzeiro-POA, se fechou completamente, de um jeito que não deixava o Grêmio nem criar as jogadas. Carlos Alberto e Douglas eram muito bem marcados, e não conseguiam criar as jogadas de ataque. 
A primeira boa chance veio aos 13 minutos, quando Rochemback bateu falta por baixo da barreira, o goleiro saltou e espalmou no cantinho. Aos 20, Diego Torres fez com que Victor defendesse facilmente sua primeira bola no jogo.
Aos 29 minutos, Douglas tocou para Gabriel dentro da área, o zagueiro chegou chutando e acertou a trave do gol do Cruzeiro. Aos 32, Diego Torres recebeu lançamento e ficou na cara de Victor, mas o goleiro gremista cresceu e salvou o Tricolor.
Aos 33 minutos, Douglas lançou Gabriel que cruzou na área para Borges chutar de primeira, no canto, abrindo o placar. Golaço.
Aos 37, após outra bela jogada de Douglas, Carlos Alberto perdeu um gol incrível. O primeiro tempo foi assim, domínio gremista na posse de bola e nas chances de gol.
Borges fez um Hat-Trick e classificou o Grêmio à final
Segundo tempo emocionante e cheio de gols
O Grêmio começou o segundo tempo indo para cima, sem dar chances ao time do Cruzeiro crescer na partida. Aos 10 minutos, André Lima recebeu lançamento na área e tocou para Borges, na cara do goleiro, finalizar e ampliar. Um minuto depois, Jô recebeu cruzamento, e de cabeça, descontou.
Aos 15 minutos, Borges bateu pênalti que ele mesmo sofreu, e ampliou. Um pênalti muito bem marcado, já que não há vantagem em pênalti. Aos 18, Zadda cruzou na área, o zagueiro Léo desviou de cabeça, encobrindo Victor, marcando mais um gol.
Aos 30 minutos, Escudero recebeu na área e bateu fraco, nas mãos de Fábio. Aos 33, Alberto interceptou uma bola com a mão, recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando o time visitante com um a menos. 
O jogo ficou controlado totalmente pelo Grêmio, e esteve mais próximo de aumentar do que sofrer o empate. Aos 46 minutos, Junior Viçosa fez linda jogada individual e foi derrubado na área. Pênalti que Gabriel bateu e ampliou. O adversário na final será Caxias ou São José.
A Federação Gaúcha de Futebol acatou o pedido do Grêmio e à final da Taça Piratini será realizada no dia 9 de março, na quarta-feira de cinzas.

OS GOLS


Veja também