Com titulares, Grêmio tem aproveitamento superior ao Corinthians no Brasileirão

Apesar dos números, Renato negou arrependimento com decisão de poupar na competição

4 de setembro de 2017 - Às 17:31
Foto: Ricardo Giusti

Ainda que o técnico Renato Portaluppi garanta não se arrepender de ter escalado times reservas em alguns jogos do Brasileirão, os números mostram que o Grêmio poderia estar na liderança do campeonato caso tivesse utilizado a maior parte dos titulares em todas as rodadas. Descontando os quatro jogos em que o Tricolor usou uma equipe toda reserva, o aproveitamento do clube gaúcho é superior ao do líder Corinthians.

O Grêmio usou equipe toda reserva em quatro jogos no Brasileirão e somou apenas um ponto. Foram três derrotas como visitante para Sport, Palmeiras e Botafogo e um empate em casa com o Atlético-PR. Considerando apenas os 18 jogos em que Renato escalou o time principal ou misto com a maior parte de titulares, o Tricolor tem 13 vitórias, três empates e apenas duas derrotas. O aproveitamento é de 77,7% contra 75,8% do Corinthians no campeonato.

Após a goleada sobre o Sport no sábado, Renato Portaluppi foi perguntado se estava arrependido de ter usado time reserva nesses jogos com baixo aproveitamento. Ao seu estilo, o treinador garantiu ter a convicção de que acertou na estratégia escolhida. “Claro que não (me arrependo)! Eu sou um cara com uma personalidade muito forte. Eu sou um cara que quando erro eu reconheço. Aí pergunto para vocês: onde eu errei? Por ter colocado uma equipe um pouco diferente no Campeonato Brasileiro e a gente perdeu alguns pontos? Acho que a resposta é a seguinte: o Grêmio jogou com a equipe principal contra o Corinthians aqui, massacramos eles e perdemos o jogo. Se nós tivéssemos ganho aquele jogo, hoje estaríamos a um ponto do Corinthians. E jogamos com a equipe principal”, disse Renato.

O treinador ainda questionou que, devido ao desgaste, o Grêmio poderia não ter chegado às semifinais de Copa do Brasil e quartas da Libertadores caso não tivesse preservado no Brasileirão. “Quem te garante que nós teríamos chegado na semifinal da Copa do Brasil ou estaríamos nas quartas da Libertadores se tivéssemos colocado a mesma equipe em todos os jogos? Quem muito quer nada tem. A tua pergunta foi muito boa, mas a minha resposta foi melhor ainda”, completou.

Dúvida sobre titulares contra o Vasco

Agora sete pontos atrás do Corinthians no Brasileirão, o Grêmio poderá voltar a usar time reserva na competição. O próximo compromisso pelo Brasileiro será no sábado contra o Vasco da Gama, em São Januário, quatro dias antes do jogo de ida das quartas de final da Libertadores diante do Botafogo. Renato fez mistério sobre a equipe que mandará a campo e deixou aberta a chance de poupar titulares.

“Na minha cabeça não tem dúvida alguma de quem vai jogar no próximo sábado. Eu sei o time que vai jogar, a não ser que surja algum problema. O Grêmio está aí, tem duas competições. Temos o Vasco no próximo sábado e depois o Botafogo. São jogos importantíssimo, um por Brasileirão e outro por Libertadores. Quarenta e cinco minutos ou uma hora antes vocês vão saber o time”, despistou.

O elenco do Grêmio se reapresenta no CT Luiz Carvalho na tarde desta segunda-feira após a folga no domingo. Luan e Lucas Barrios, que defendem Brasil e Paraguai nas Eliminatórias, só retornam a Porto Alegre na quarta.



Veja também