Foto: Gazeta Press

O Grêmio visitou o Santos na noite deste domingo e acabou perdendo por 1 a 0 com gol de Copete. O Tricolor atuou com time totalmente reserva visando a decisão da Libertadores na quarta-feira.

Escalação inicial: Paulo Victor, Bressan, Rafael Thyere. Leonardo e Conrado; Cristian, Machado, Kaio, Patrick e Dionathã; Jael

PRIMEIRO TEMPO
O jogo começou equilibrado e por incrível que pareça foi o Tricolor que teve as melhores chances. Antes disso, Paulo Victor trabalhou aos 8 minutos, evitando o gol. Aos 16, Machado arriscou de fora e Vanderlei espalmou.

Aos 18, a grande chance. Patrick recebeu dentro da área, se livrou da marcação e na frente do goleiro, na pequena área, perdeu a chance ao chutar em cima de Vanderlei. Uma oportunidade imperdível. Aos 30, Dionathã arriscou de fora e acertou a trave.

Como quem não faz toma, aos 31 minutos, Copete recebeu lançamento longo e bateu na saída de Paulo Victor, abrindo o placar. O time da casa se animou após o gol e o Tricolor sentiu. No entanto, o primeiro tempo terminou sem mais gols.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final a partida ficou mais monótona com o Santos se defendendo mais do que atacando. O Tricolor tinha mais posse de bola, tentava o ataque mas era nítida a falta de entrosamento e consequentemente, a dificuldade para criar oportunidades de gol.

O time do Santos buscava os contra-ataques, mas sem grande sucesso. O Tricolor buscava pressionar na base do abafa principalmente com cruzamentos na área, mas a defesa do Santos estava levando a melhor.

A partida se encaminhou ao final e o Tricolor não conseguiu reagir.



Veja também