Foto: André Silva

Com foco total na decisão da Copa Libertadores da América, que começará na próxima quarta-feira, contra o Lanús, e com o título nacional definido em favor do Corinthians, o Grêmio aumentou ainda mais o sentido de preservação de seus principais jogadores, tanto que nenhum titular, alem de reservas importantes como Léo Moura, Everton e Michel sequer foram relacionados para a viagem.

Além da preservação de jogadores, que ficaram em Porto Alegre para treinar, o proprio técnico Renato Portaluppi e seu auxiliar Alexandre Mendes também permaneceram na capital gaúcha. Desta forma, o time sera dirigido na Vila Belmiro pelo treinador do time sub-23, César Bueno. A decisão para a mudança de quem comandaria a equipe em Santos, foi tomada às vésperas da viagem.

Em Porto Alegre, Renato justificou o porque de apenas Paulo Victor, Bressan e Jael, que devem ficar no banco de reservas contra o Lanús, serem os únicos relacionados para a partida contra o Santos.

– Alguns jogadores vão enfrentar o Santos e esses sim precisam de ritmo. Os que vão ficar não precisam. E ai seria um risco desnecessário – disse o treinador gremista.

A equipe que entrará em campo no domingo, às 19h (horádio de Brasília), deve ter: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Rafael Thyere, Bressan e Conrado (Guilherme Guedes); Cristian, Kaio, Machado e Patrick; Lucas Poletto (Dionathã) e Jael.



Veja também