Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio mudou a cara do ataque para a disputa da Série B. Ainda espera trâmites burocráticos para oficializar a contratação de Elkeson, mas a mudança é nítida. Nos últimos dias, três novos atacantes chegaram ao CT Luiz Carvalho, enquanto outros irão sair.

Churín já fez sua despedida para seguir ao Atlético-GO. Ao mesmo tempo, o Grêmio apresentou Gabriel Teixeira na quarta-feira. Elkeson passou por exames, inclusive treinou, só que aguarda detalhes legais para ser anunciado.

Além da dupla de contratados, o Tricolor conta com a volta de Ricardinho, emprestado ao Marítimo, de Portugal, até o meio do ano, mas chamado para se integrar ao grupo de maneira antecipada.

Temos mais opções para empurrar a bola para o gol. Time não vive só de um artilheiro, preciso de pelo menos três que possam fazer isso. Estou trabalhando com 30 jogadores, 60% ou 70% da base. Uns vão retornar, outros vão ganhar cancha fora. Temos objetivos no ano, a primeira delas é subir, conquistar a B. Outro é formar jogadores identificados com o clube – apontou Roger depois do título gaúcho.

Peças para características diferentes

A concorrência para Diego Souza aumentou. O status de titular não mudou, mas Elkeson chega com cacife para desbancar o artilheiro gremista nos últimos dois anos. Ricardinho é alternativa para ser utilizada durante as partidas.

É bom lembrar que Diego sentiu desconforto muscular pela terceira vez no ano e ficou fora da final contra o Ypiranga, no sábado. Apesar do cuidado, as duas novas caras dão mais tranquilidade ao trabalho de Roger.

Teixeira será opção para os lados do campo, um pedido direto do treinador, com quem trabalhou no Fluminense. Além do jovem de 21 anos, o técnico conta com Elias e Janderson para reposição aos titulares Ferreira e Campaz.

Estamos nos esforçando, nos preparando e muito focados. Tenho grandes expectativas para realizar bons jogos e conquistar os objetivos de 2022 – afirmou Janderson após o título gaúcho.

Ao mesmo tempo, Rildo, titular do Grêmio em boa parte do Gauchão, será emprestado outra vez. O atacante despertou interesse de dois clubes da Série A e três da Série B. Outros jovens como Vini Paulista também seguirão este caminho.

A diretoria gremista já havia feito algo semelhante com a lateral direita. Contratado em janeiro, Orejuela foi repassado ao Athletico. O clube buscou Edilson e Rodrigo Ferreira para o setor, embora Rodrigues possa começar a Série B como titular.

O Grêmio começa a brigar para voltar à elite do futebol brasileiro no sábado, quando enfrenta a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. A partida está marcada para as 16h30.



Veja também