Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Há cerca de quatro meses, o Grêmio adiou as conversas para renovar o contrato de Bruno Cortez. Hoje, o assunto segue estagnado. Assim, há brecha para que o lateral-esquerdo deixe o Tricolor. A informação foi publicada por GZH e confirmada pelo ge.

A diretoria do Grêmio prega foco total no jogo de segunda-feira contra o Atlético-GO, mais um na luta para evitar o rebaixamento. Enquanto isso, o estafe de Cortez tem recebido sondagens de outros clubes e admite a chance de um possível negócio caso o panorama não se altere.

É importante salientar que não há nenhuma negociação de fato para renovação de contrato ou possível saída. Cortez tem vínculo até dezembro, ou seja, já poderia assinar pré-contrato com qualquer equipe e se apresentar em janeiro de 2022 no novo destino.

O jogador recebe cada vez menos minutos no Grêmio, tendo em vista que Rafinha atua improvisado na esquerda. O lateral de 34 anos atuou 12 vezes pela equipe no Brasileirão, participou de seis das sete vitórias que o time tem na competição, além de um empate e cinco derrotas.

Cortez está desde 2017 em Porto Alegre e soma 207 jogos com a camisa do Grêmio. Em 2021, são 22 partidas até o momento. O lateral-esquerdo foi campeão da Libertadores, da Recopa Sul-Americana e tetracampeão gaúcho pelo clube no período.



Veja também