Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Artilheiro e campeão do Campeonato Gaúcho nos dois últimos anos, Diego Souza terá a chance de atingir um feito inédito na edição de 2022 e se tornar o primeiro jogador a ser goleador em três edições diferentes da competição.

Antes de amargar o rebaixamento no Brasileirão no ano passado, o centroavante foi destaque nas campanhas dos títulos do Grêmio em 2020 e 2021. Marcou nove gols no primeiro ano e sete no segundo, o suficiente para figurar no topo da artilharia por dois anos seguidos.

Desde 1961, quando o campeonato passou a ser disputado de forma unificada, apenas outros oito jogadores repetiram o feito (veja abaixo). Casos de Alcindo e Baltazar, pelo Grêmio, ou Claudiomiro, Valdomiro, Jair e Leandro Damião, pelo Inter.

Mais recentemente, outros nomes também chegaram à artilharia duas vezes por clubes do interior. Sandro Sotilli marcou seu nome na lista por 15 de Novembro de Glória, enquanto Michel foi o goleador por Passo Fundo e São Luiz. Mas nenhum deles terá a chance de repetir o feito pela terceira vez como Diego Souza.

O centroavante, que completará 37 anos em junho, foi do status de fora dos planos a reforço do Grêmio para a temporada em função do seu faro artilheiro e das dificuldades do clube em encontrar um substituto no mercado. A renovação foi anunciada na véspera da virada do ano.

Artilheiros do Gauchão em duas temporadas

  • Alcindo (Grêmio) – 1965 e 1967
  • Claudiomiro (Inter) – 1970 e 1972
  • Valdomiro (Inter) – 1971 e 1978
  • Jair (Inter) – 1978 e 1979
  • Baltazar (Grêmio) – 1980 e 1981
  • Sandro Sotilli 15 de Novembro de Glória) – 2002 e 2004
  • Leandro Damião (Inter) – 2011 e 2012
  • Michel (Passo Fundo e São Luiz) – 2015 e 2018
  • Diego Souza (Grêmio) – 2020 e 2021

Diego Souza soma 52 gols e 12 assistências em 105 jogos disputados nas duas últimas temporadas. Foi o artilheiro do Brasil em 2020 e artilheiro do time em 2020 e 2021. Mas apesar dos bons números, sua forma física foi alvo de críticas da torcida e da imprensa no último ano.

Diego Souza, atacante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Diego Souza, atacante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Cartilha para 2022

Ao acertar a renovação de contrato para 2022, Grêmio e centroavante firmaram um espécie de pacto. Para manter a forma física durante todo o ano, Diego Souza terá de seguir uma espécie de cartilha criada pela comissão técnica, com treinos especiais e cuidados com alimentação.

– Sobre o Diego, o mais importante de frisar é que tivemos uma conversa com ele, que o importante é ele não só chegar no peso aceitável, e sim durante a temporada toda ele manter esse peso. A gente entende que ele precisa de carga de treino, precisa ter um cuidado especial com alimentação. O Diego entendeu perfeitamente isso, foi mostrado um planejamento com todos os setores para o Diego. Não tenho dúvida que esse ano vai ser um ano totalmente diferente para o Diego – detalhou o preparador físico do Tricolor, Reverson Pimentel.

Para o centroavante, a oportunidade de ter uma pré-temporada maior em relação aos anos anteriores será fundamental para que ele possa estar em melhores condições ao longo do ano. Em entrevista no início desta semana, ele reconheceu que alguns problemas afetaram sua preparação em 2020.

– Ano passado eu fiquei uma parte da temporada que eu não joguei muito. Isso, para um jogador da minha idade, muitas viagens, poucos treinamentos, isso atrapalhou um pouco. Mas não quer dizer que não consegui fazer o meu melhor. Sempre que eu fui escolhido para vestir essa camisa, eu procurei sempre dar o meu melhor, procurei ajudar da melhor maneira possível. Jamais será diferente – garantiu.

O torcedor gremista, porém, terá de esperar um pouco mais para rever Diego Souza em ação. Isso porque, dentro do planejamento do clube, o grupo de transição disputará as duas rodadas iniciais do Gauchão, possibilitando uma melhor preparação do elenco principal. A estreia tricolor está marcada para quarta-feira, às 19h, contra o Caxias, na Arena.



Veja também