Com Olímpico lotado, Grêmio derrota o Atlético e assume vice-liderança

6 de setembro de 2012 - Às 01:24
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio recebeu o Atlético-GO no Olímpico e venceu por 2 a 1, chegando aos 44 pontos na 2ª posição momentânea da classificação. Com mais de 46 mil torcedores, o maior público do Grêmio no ano, e também de todo o Brasileirão. Os dois gols Tricolores foram marcados por Elano, ambos no primeiro tempo.

Empurrado por um estádio lotado, o Grêmio foi para cima do Atlético-GO. Logo aos 5 minutos, após cobrança de escanteio, Souza pegou a sobra e bateu forte, o goleiro Márcio fez uma grande defesa. Aos 9 minutos, Elano cobrou falta com categoria, por cima da barreira, sem chances para o goleiro, abrindo o placar.
Após o gol, a pressão Gremista aumentou ainda mais. O Tricolor tocava a bola com facilidade no campo de ataque, deixando o time Goiano completamente recuado. O segundo gol era questão de tempo. Aos 18 minutos, Gilberto Silva tocou para Zé Roberto que rolou para Elano no meio da área chegar batendo rasteiro no canto.
O Atlético-GO conseguiu diminuir aos 24 minutos graças a arbitragem. Márcio cobrou falta inexistente, o goleiro espalmou e na sobra nenhum zagueiro Gremista afastou, a bola sobrou para Marino chutar forte. A partir daí, o time visitante melhorou na partida, mas foi o Grêmio que quase ampliou. Aos 31, Zé Roberto cruzou na medida para André Lima cabecear no canto, Márcio fez grande defesa.
Até o fim do primeiro tempo, a partida diminuiu de ritmo e ficou muito no toque de bola. O Grêmio não conseguiu mais impor o ritmo do começo da partida e o primeiro tempo acabou em 2 a 1.
Na etapa final, foi o Dragão que teve a primeira chance. Aos 5 minutos, Danilinho cobrou falta, a bola ia enganando o goleiro Marcelo Grohe que conseguiu se recuperar, mandando a bola para fora. O Grêmio já não tinha o domínio completo da partida e o time Goiano mantinha a posse de bola. Aos 9, Elano teve uma boa chance, mas finalizou para fora.
Aos 16, Pará fez ótima jogada, invadiu a área e cruzou rasteiro para Leandro, que completamente livre bateu em cima da zaga, perdendo ótima chance. Aos 24, Zé Roberto recebeu livre dentro da área e tentou por cobertura, sendo preciosista e o goleiro Márcio defendeu.
O Atlético chegou com perigo por duas vezes aos 27 minutos. Primeiro, após rebatida da zaga, Marino chutou e obrigou Grohe a fazer ótima defesa. No ataque seguinte, após boa troca de passes do time Goiano, Ernandes chutou e obrigou Grohe a fazer outra boa defesa.
Após a pressão, Luxemburgo colocou Marco Antônio e Rondinelly. O Grêmio começou a manter mais a posse de bola, diminuindo a pressão do time do Atlético. O time do Grêmio manteve o controle da partida até o fim, não sofrendo mais riscos.



Veja também