Com seis gols em dois jogos, o sistema ofensivo do Grêmio tem se destacado neste início de temporada, principalmente por conta de Luis Suárez. Lá atrás, Renato repetiu a linha defensiva e chama atenção que todos tem mais de 30 anos, pois o treinador quer jogadores experientes na retaguarda.

O Tricolor renovou as laterais para esta temporada. Dos dez reforços, dois são laterais-direito e um lateral-esquerdo.

No time titular, os quatro jogadores que formam a linha defensiva são acima dos 30 anos. Para Renato, a idade é o que menos importa e acredita que a experiência é algo positivo para esse setor da equipe.

– Independente da idade, o que importa é o que o jogador faz dentro de campo. Todas as linhas têm que jogar juntas para não dar espaço ao adversário. É importante ter jogadores experientes lá atrás, ainda mais se tratando da zaga – disse o treinador.

Nesta arrancada da temporada, de lateral à lateral, o Grêmio teve: Fábio (32 anos), Bruno Alves (31), Kannemann (31) e Reinaldo (33).

Bruno Alves, Kannemann, Reinaldo e Brenno, na vitória do Grêmio no Caxias — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Bruno Alves, Kannemann, Reinaldo e Brenno, na vitória do Grêmio no Caxias — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A média poderia ser um pouco maior, mas Geromel, de 37 anos, precisou passar por uma artroscopia no joelho esquerdo e irá desfalcar nas primeiras rodadas do Gauchão. Bruno Uvini, de 31 anos, foi contratado para ser opção e ainda não estreou com a camisa do Grêmio.

Completando as alternativas para a zaga, Renato tem os jovens Gustavo Martins (20) e Natã (21). A maioria dos laterais reservas também são jovens. Recém-chegado, João Pedro tem 26 anos, Cuiabano (19) e Thomas Luciano (20) são oriundos da base. Diogo Barbosa, com 30, completa os suplentes.

O goleiro diminui a média da defesa. Brenno tem 23 anos e, em 2021, foi reserva na conquista da segunda medalha de ouro nas olimpíadas de Tóquio com a seleção brasileira. No entanto, o clube não descarta alguma oferta pelo jogador ao longo deste primeiro semestre de 2023.

Por enquanto, Renato tem rodado a equipe durante os jogos usando as cinco substituições. Porém, o técnico já disse que pode preservar jogadores e dar rodagem aos reservas modificando a equipe desde o início da partida. Até agora, os testes têm sido mais do meio para frente.

Na defesa, o que o comandante mais mexeu nestes primeiros dois jogos foi fazendo substituições nas laterais ao longo dos 90 minutos. Na direita, usou Thaciano improvisado. Na esquerda, Diogo Barbosa ingressou no lugar de Reinaldo e, contra o Caxias, deu assistência para o gol de Suárez.

João Pedro ainda não chegou a ser relacionado. O lateral foi o último reforço a integrar o grupo e está em processo de condicionamento físico. Ele, Bruno Uvini e Cristaldo são os únicos jogadores contratados que ainda não estrearam oficialmente no Grêmio.

Na próxima quarta-feira, o Tricolor retorna a campo para receber o Brasil de Pelotas, em casa, pela terceira rodada do Gauchão. A tendência é que Renato mantenha a defesa que vem atuando. Mas o técnico pode fazer modificações na frente, principalmente no lado direito de ataque.



Veja também