Foto: Jefferson Botega

Em seu reencontro com o torcedor, o Grêmio largou com vitória no Gauchão. Elias, duas vezes, marcou os gols que garantiram uma largada com vitória por 2 a 1 sobre o Caxias na primeira rodada da competição. Na noite de muita chuva em Porto Alegre, os 3 mil torcedores acompanharam uma atuação de boa produção dos jovens atacantes. Além do artilheiro da partida, Rildo também terminou a noite como um dos destaques e apresentou suas capacidades para a observação de Vagner Mancini.

Logo no primeiro minuto, Pedro Lucas colocou o goleiro do Caxias para trabalhar. O camisa 10 ficou com a bola após tentativa de jogada de Rildo. O meia invadiu a área e arriscou o chute com a perna esquerda, mas a finalização acabou muito no centro do gol e Marcelo Pitol fez a defesa.

A resposta do Caxias também veio com o seu camisa 10. Com quatro minutos, Renan Oliveira recebeu no lado direito, passou pelos marcadores e tentou surpreender Felipe Scheibig com o chute de fora da área. O goleiro gremista espalmou para escanteio.

O Caxias ameaçou uma segunda vez o Grêmio em lançamento para França, que cruzou meio desequilibrado para Giovane Gomez. O centroavante cabeceou com estilo, em direção ao canto direito. Mas Felipe Scheibig se esticou todo e conseguiu salvar. O lance, no entanto, acabou parado por impedimento.Leandro Vuaden sinalizou impedimento enquanto Matheuzinho se atirou na bola para tentar o desvio na finalização de Gomez.

Com a ideia de sair em velocidade no contra-ataque, o Caxias deixou a bola rodar entre os jogadores do Grêmio. Mas bem postado nas proximidades do próprio gol, a equipe da Serra tentava evitar dar chances de gol ao adversário.

Por conta da proposta do time visitante, a equipe de Cesar Lopes acionou muito os jogadores de lado de campo. Guilherme Guedes e Rildo combinavam em lances pela esquerda com mais frequência. Sem tantas características ofensivas, Felipe ficava mais no campo defensivo e Vini Paulista acabou com poucas oportunidades de partir com a bola dominada pelo lado direito.

Apesar das dificuldades de furar o sistema defensivo, o Grêmio encontrou seu gol em lance de habilidade de Rildo. O camisa 7 recebeu o lançamento de Guilherme Guedes, avançou em direção à linha de fundo, e passou entre dois marcadores com um drible. Elias recebeu sozinho na pequena área e completou para o fundo das redes. Gol e festa na Arena para o primeiro gol da temporada.

Matheuzinho era a peça mais perigosa do Caxias, mas sempre em lances longe da área gremista. Sem maiores ameaças, o Grêmio foi para o vestiário ao final do primeiro tempo com a vantagem.

Sem os jogadores em campo, a torcida protestou pela primeira vez na noite pelo rebaixamento amargado ao final de 2021. No momento em que a entrevista no intervalo para a reportagem da transmissão iniciou, a parte do estádio que recebe a torcida organizada começou com os gritos de protesto contra a direção, com ofensas direcionadas ao presidente.

— Ei, Romildo, vai tomar no c*.

A volta para o segundo tempo com a vantagem não diminui o impeto do Grêmio. Vini Paulista encontrou Elias, que foi atropelado por Rafael Dumas. Pênalti marcado e convertido pelo centroavante, com um chute forte e sem chances para Marcelo Pitol aos 8. O camisa 9 marcou e acabou deixando o campo pelo cansaço, mas saiu bastante aplaudido. Uma atuação que deve ter agradado Vagner Mancini, que acompanhou a partida de um camarote da Arena.

Com a bola rolando, França aproveitou o descuido do lado esquerdo defensivo e encontrou Diogo Sodré na entrada da área. O jogador do Caxias dominou e chutou da grande área. Felipe Scheibig fez mais uma boa defesa com 19 minutos. Mas foi em cobrança de escanteio que o time conseguiu marcar. Após cobrança na área, o goleiro gremista socou a bola nas costas de Heitor e reduziu a vantagem.

O técnico Cesar Lopes colocou Guilherme Azevedo em campo para ser acionados nos contra-ataques, e o atacante se tornou a principal opção ofensiva. O Grêmio recuperava a bola e acelerava para tentar pegar o Caxias fora do lugar, enquanto os visitante seguiam apostando em lançamentos para a área em busca do gol de empate. Como é normal no início de uma temporada, o ritmo da partida caiu nos minutos finais. Sem muitas ameaças, os meninos do Grêmio seguraram a vantagem e garantiram o início de Gauchão com vitória.



Veja também