Foto: Lucas Uebel

O Grêmio recebeu o Cruzeiro na noite desta quarta-feira na Arena pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil e venceu por 1 a 0 graças a gol de Barrios no fim do primeiro tempo. O Tricolor foi melhor na etapa inicial enquanto que no segundo tempo a partida diminuiu de ritmo e o placar se manteve.

O jogo de volta da semifinal ocorre já na quarta-feira que vem no Mineirão.

Escalação inicial: Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann, Cortez, Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Pedro Rocha, Barrios

PRIMEIRO TEMPO
O Grêmio começou a partida buscando pressionar o time do Cruzeiro, mas o time mineiro estava conseguindo levar a melhor nas investidas do Tricolor. Apesar de ofensivo, o Grêmio não corria nenhum risco defensivo.

A primeira grande chance ocorreu aos 13 minutos quando Barrios recebeu cruzamento e de cabeça obrigou o goleiro Fábio a operar um milagre. Outra boa chance do Tricolor foi aos 35 minutos. Pedro Rocha recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e bateu no canto, obrigando Fábio a outra grande intervenção.

Aos 45, o Grêmio chegou ao gol. Pedro Rocha recebeu na ponta e cruzou rasteiro para Luan, que bateu e o goleiro Fábio espalmou, Barrios pegou o rebote e com gol vazio bateu para abrir o placar.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, o Tricolor voltou em um ritmo mais lento, sem grande objetividade ofensiva. O time do Cruzeiro também não conseguia chegar com perigo, apenas um chute de fora da área que o goleiro Grohe defendeu. Assim, a partida caiu um pouco de qualidade.

O técnico Renato colocou Everton em campo e mais adiante quando estava prestes a colocar Fernandinho, o zagueiro Geromel sentiu dores na coxa e teve que ser substituído por Bressan.

O Cruzeiro teve uma boa chance nos acréscimos da partida, mas o goleiro Marcelo Grohe levou a melhor. A partida se encaminhou ao final e o Tricolor garantiu a vantagem mínima.



Veja também